Marinha alerta para ventos de até 61 km e ondas de 4 metros

A Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL), participa que a persistência de um sistema de alta pressão sobre o oceano poderá provocar alterações meteorológicas em todo o Estado de Alagoas, destacando-se os seguintes alertas:
– VENTO FORTE: permanecem as condições favoráveis a ventos de direção sudeste a leste (SE/E), com intensidade de até 61 km/h, até a noite do dia 10 de agosto.

– MAR GROSSO/MUITO GROSSO: (elevação das ondas em alto-mar) com formação de ondas de direção sudeste a leste (SE/E), de 3,0 a 4,0 metros de altura, até a noite do dia 08 de agosto e ondas de direção sudeste a leste (SE/E), de 3,0 a 3,5 metros de altura, da noite do dia 08 de agosto até a manhã do dia 11 agosto.
– RESSACA: permanecem as condições favoráveis para formação de ondas de direção sudeste (SE), de até 2,5 metros de altura, até a tarde do dia10 de agosto.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico htps:// www.marinha.mil.br/ch m/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo ou https://www.marinha.mil.br/cpal.
Ademais, as informações meteorológicas podem ser visualizadas no endereço Meteorológico Marinho no Facebook, no link: https://www.facebook.com/servicometeorologicomb/, por meio do aplicativo “Boletim ao Mar”, disponível para download na internet, tanto para o sistema Android quanto para iOS, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR).
A Capitania dos Portos de Alagoas recomenda aos Navegantes de embarcações de pequeno porte, que evitem navegar no mar nestes dias, bem como aos demais responsáveis por outros tipos embarcações, que tenham redobrada atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio, dentre outros itens de segurança.
Adicionalmente, a Capitania informa que mantém a escuta permanente no CANAL 16 (156.8 MHz), além do guarnecimento 24h para emergências marítimas e fluviais por meio do telefone 185 e para denúncias no telefone (82) 3215-5800.

Fonte: Marinha do Brasil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações