Bebé de nove meses é agredido e queimado com cigarros

Unsplash

A Polícia Civil deteve três pessoas depois de um bebê de nove meses ter dado entrado no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca (Brasil), com sinais de agressão.

O menino, segundo o jornal O Globo, apresentava diversos hematomas, marcas de queimaduras de cigarros e ainda um traumatismo craniano. Dada a gravidade do seu estado, o bebê foi posteriormente transferido para o Hospital Municipal Miguel Couto na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro.

Segundo a mesma fonte, a mãe da criança confessou à polícia ter sido ela a autora das agressões. Porém, acusou um casal de amigos com quem vive na mesma casa no Complexo do Alemão de não a ter impedido, quando tinham esse “dever”.

Após o depoimento da suspeita, a polícia deteve também o casal.

Fonte: Notícias ao Minuto

Veja Mais

1 comentário

  • interiorano says:

    Sinceramente, eu não sei aonde nós vamos parar! Estão acontecendo muitas coisas absurdas e muitos ainda nem se deram conta do que está acontecendo! Só se ouve falar em assaltos, assassinatos, crimes hediondos, drogas, estupros de adultos e crianças, pedofilia, roubo e sequestros! É muita barbaridade/crueldade/maldade acontecendo! As vezes, eu fico pensando no que “os mais velhos” diziam : “nós estamos caminhando para o fim”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações