Criador do Orkut é bloqueado no Tinder após denúncias de ser ‘fake’

Criador do Orkut em visita a Porto Alegre. — Foto: Arquivo pessoal

Em passagem pela capital gaúcha, Orkut Buyukkokten, criador da primeira rede social a fazer sucesso no Brasil no início dos anos 2000, teve sua conta no Tinder bloqueada, na noite de quarta-feira (15). Usuários da plataforma de encontros denunciaram Orkut como ‘fake’. Até as 11h30 desta quinta (15), ele seguia com o perfil bloqueado.

“Essa é minha terceira vez no Brasil e primeira vez em Porto Alegre. É a primeira vez que sou bloqueado numa rede social. Eu estava falando com algumas pessoas ontem e elas me contaram que eu havia sido bloqueado e não conseguiam me ver”, contou ao G1, por telefone.

O pedido de ajuda foi postado em outras duas contas, no Facebook e no Twitter.

“Alguém tem o contato do Tinder? Estou em Porto Alegre, no Brasil. Alguns usuários acharam que minha conta era falsa e me denunciaram. Tinder bloqueou minha conta. Eu estava no meio de conversas com pessoas, fazendo novos amigos. #tinder #eusoureal #precisodeajuda”.

O criador do Orkut está em Porto Alegre para participar do BS Festival, evento de inovação e criatividade, que acontece nesta sexta-feira (16) e no sábado (17), quando ele sobe ao palco para falar sobre identidade e comunidade na internet.

“É irônico. Em minhas palestras eu falo um pouco sobre o Tinder e sobre minhas experiências em encontros. Muitas pessoas se comportam como um ‘ghosting’. É quando você encerra uma conversa com alguém sem explicação ou razão. É muito desconfortante para a outra pessoa. O que acontece no Tinder é que eu estou falando com várias pessoas e de repente, eles me bloqueiam. Então todas aquelas pessoas que eu estava conversando desaparecem. Por isso, eu decidi usar além do Tinder, o Facebook, então você conecta essas pessoas e as conhece. Eu não desapareço, eu gosto de ter boas conversas”.

Usuário de internet de um jeito razoável, como ele mesmo define, Orkut não tem muitos seguidores nas redes sociais e prefere se conectar com pessoas que conhece na ‘vida real’.

“Eu acho que as redes sociais hoje são feitas para nos promover, principalmente os feeds de notícias, a fazer propaganda e compartilhar com os outros. Não ajudam a ficar juntos ou a criar felicidade. Nos deixam mais solitários e infelizes. A redes social é um vício e não tem engajamento saudável.”

Nascido na Turquia, Orkut Buyukkokten é um empreendedor social, co-fundador e CEO da Hello, uma nova rede social disponível em 12 países. De acordo com o criador, a Hello é um lugar onde as pessoas podem se conectar a partir do que mais importa e do que amam, em um ambiente amigável e sem julgamentos.

Em 2004, o empreendedor criou e lançou o orkut.com, uma rede social que reuniu mais de 300 milhões de usuários em todo o mundo e, em seu auge, foi responsável por mais de 50% das visualizações de página do Google, sendo, à época, o website líder na Índia e no Brasil.

Orkut trabalhou no Google por 11 anos e tem mestrado e doutorado em Ciência da Computação pela Stanford University, onde lançou a primeira de suas três redes sociais de sucesso, Club Nexus.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações