HGE confirma morte de comerciante esfaqueado e queimado em Coruripe

A vítima ainda teria fingido estar morto para escapar de bandidos

Arquivo Pessoal

Valcir Leite Tenório

Morreu no início da noite desta quinta-feira, 22, o comerciante, Valcir Leite Tenório, 38 anos, conhecido como Bill, que foi esfaqueado e queimado em Coruripe na última terça-feira (20). Na ocasião ele fingiu estar morto para não ser assassinado.

A assessoria de comunicação do Hospital Geral do Estado (HGE) informou que o homem esteve internado durante todo o tempo na unidade de saúde na Área Vermelha Trauma, em estado grave, com queimaduras de segundo grau no dorso, pernas e braços e ferimentos feitos por objeto cortante.

Ele foi atendido por uma equipe multidisciplinar e não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ao dar entrada no hospital, a vítima foi submetida a procedimento cirúrgico para drenagem do tórax e encaminhado a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após ser estabilizado. Hoje, ele não resistiu.

Leia Também: 

Comerciante é esfaqueado e finge estar morto para não ser assassinado

Segue em estado grave comerciante que se fingiu de morto para não ser assassinado

O crime

De acordo com as primeiras informações, elementos não identificados, em uma motocicleta, com modelo e placa não informados, emparelharam com o veículo da vítima e a ameaçaram com uma arma de fogo. Ao parar o veículo S10, a vítima foi espancada, esfaqueada e teve a abeça raspada. Valcir Leite teria fingido estar morto para se livrar dos criminosos, que inclusive atearam fogo ao veículo com ele no interior. A vítima conseguiu sair do carro e pedir socorro a moradores da localidade Pindorama, em Coruripe.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações