Rui cobra do Governo Federal isenção de financiamento imobiliário para moradores do Mutange

O Prefeito visitou hoje no Conjunto Vale do Parnaíba que será destinado aos moradores da encosta do Mutange

Assessoria

O prefeito Rui Palmeira – acompanhado de órgãos estaduais e federais – visitou, na manhã desta sexta-feira, 23, o conjunto residencial Vale do Parnaíba, no bairro de Rio Novo, que irá abrigar 240 famílias oriundas da encosta do bairro do Mutange.

Durante a vistoria, o Rui Palmeira informou à imprensa que a intenção é conferir a qualidade dos apartamentos, construídos por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, e que serão entregues ao futuros moradores cadastrados no programa habitacional da Prefeitura de Maceió.

O prefeito aproveitou a oportunidade para pedir aos representantes do Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União e Defensoria Pública Estadual apoio para cobrar do Governo Federal a autorização para que os moradores da encosta do Mutange sejam isentos de pagar financiamento imobiliário.

“A gente sempre conta com o apoio destes órgãos e mais uma vez será importante que eles nos auxiliem a fazer a cobrança ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Desde o início do ano, nós solicitamos a autorização para que estas pessoas se mudem para cá (Rio Novo) e não paguem (financiamento) já que trata-se de um caso de calamidade pública. Não tem sentido as pessoas terem que arcar ainda com os ônus das prestações. Então, já fizemos este pedido três vezes e espero que  o Governo Federal faça a autorização para que possamos trazer estas 240 famílias para cá. Em 30 dias, também vamos ter mais 500 apartamentos no Complexo Benedito Bentes, que também estão na fase final”, informou Rui Palmeira.

Além das 240 unidades, o conjunto habitacional em Rio Novo conta ainda com creche, escola pública municipal e Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Novos estudos

Ontem (22), o prefeito Rui Palmeira e o coordenador especial de Proteção e Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos, estiveram reunidos com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para solicitar novos estudos para os bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro. O Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Agência Nacional de Mineração (ANM) e Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil também participaram do encontro na sede do Ministério de Minas e Energia (MME), em Brasília.

Na ocasião, a CPRM informou que já iniciou os trabalhos para a elaboração destes novos estudos. “Em uma reunião ontem em Brasilia, solicitamos os estudos que é o que os moradores do Pinheiro, Bebedouro e Mutange mais querem. Os estudos que possam dar segurança e informar se há possibilidade de retorno dos que saíram ou se há uma solução de engenharia para os bairros. A CPRM nos passou que já está trabalhando nos novos estudos”, finalizou Rui Palmeira.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações