Modelo sofre queimaduras de 2º grau durante procedimento estético

© Laura Cavalcante/Arquivo Pessoal/Reprodução

Laura Cavalcante, uma modelo de 23 anos, usou o Instagram esta semana para denunciar uma clínica de Maceió. Segundo a publicação feita, ela sofreu queimaduras de segundo grau durante um procedimento estético.

A jovem, que trabalha como modelo e também surfista, afirma que foi convidada pela equipe de marketing da clínica para fazer o procedimento de fotodepilação e depois divulgá-lo em suas redes sociais.

Em relato feito ao G1, Laura disse foi ao local primeiramente para fazer uma avaliação da parte posterior da coxa e clareamento de uma zona escurecida na região da virilha. Dias depois, retornou ao local para realizar o procedimento de fotodepilação, porém encontrou uma profissional diferente da que havia feito o primeiro atendimento. “A única pergunta que ela fez foi se eu tinha me depilado e eu disse que sim, ela passou a mão e disse que ainda tinha uns pelos crescidos, mas que não tinha problema”, afirmou Laura ao portal.

Logo no início da sessão, a modelo sentiu muita dor, mas lhe informaram que seria algo normal. Ao final da sessão, a pele de Laura estava manchada. “Comecei a tremer, aí chamara outra profissional e nada resolvia”, explica. No hospital, foram constatadas queimaduras de segundo grau.

A modelo afirma que prefere não divulgar o nome da clínica, que fica no bairro da Jatiúca, pois o inquérito ainda está em andamento. O advogado da clínica alega que o estabelecimento não irá se posicionar no momento.

O processo de regeneração da pele de Laura deve durar até 2 anos e ela não poderá tomar sol no local. Ela afirma que agora está à espera do resultado do exame de corpo de delito para anexar ao inquérito policial.

Fonte: Revista Claudia

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações