Grêmio goleia em MG e complica o Cruzeiro no Brasileirão

Gledson Tavares / Frame Photo

Eliminados no meio da semana da Copa do Brasil, Cruzeiro e Grêmio trabalharam na quente manhã deste domingo, na Arena Independência, para acalmar suas torcidas. Foi o tricolor gaúcho quem conseguiu o feito, ao vencer e golear a equipe de Rogério Ceni por 4 a 1, com dois de Everton Cebolinha, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gols foram marcados por Tardelli, Alisson e Everton Cebolinha, em duas oportunidades. Fred descontou de pênalti. Com o resultado, os gremistas figuram agora na décima colocação, com 25 pontos, enquanto a Raposa é a 16ª colocada, com 18 pontos e a três do Fluminense, o primeiro na zona de rebaixamento. Esse foi o quinto jogo de Ceni no comando e ele soma duas vitórias, um empate e duas derrotas.

Na próxima rodada, o Cruzeiro reencontra seu ex-técnico Mano Menezes na partida contra o Palmeiras, no sábado, no Allianz Parque, às 19h (de Brasília). Já o Grêmio enfrenta o Goiás um dia depois, às 16h (de Brasília), em Porto Alegre.

O jogo

O primeiro tempo foi bastante movimentado. Logo no início, boa defesa de Paulo Victor em cabeceio de Fred e cobrança de falta de Thiago Neves esquentaram para os donos da casa, mas foi o tricolor gaúcho que abriu o marcador, com Diego Tardelli, aos 18 minutos, de letra após assistência de Galhardo.

À vontade em campo, os visitantes ampliaram a vantagem aos 27, após erro na origem do lance com Thiago Neves. Alisson pegou a bola, arrancou e passou para Everton Cebolinha na esquerda, que recebeu e apenas enfiou para o companheiro marcar. Pedro Rocha, que entrou no lugar de David, protagonizou bons lances pela Raposa, mas foi o velho e conhecido Fred quem diminuiu para o Cruzeiro aos 36, de pênalti.

Na segunda etapa, o Grêmio voltou querendo liquidar a partida e isso aconteceu em belo lance originado no meio do campo, passado pela lateral direita com Matheus Henrique e virada de jogo para Cebolinha, que marcou um golaço, sem defesa para Fábio. O atacante ainda teve tempo de fazer mais um, aos 31, após passe de Jean Pyerre e meia-lua em Léo.

Fonte: Terra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações