Alagoano mata empresário em Uberlândia com golpes de régua usada em construção civil

Polícia Militar/Divulgação

Barra usada para tirar a vida do empresário no Bairro Custódio Pereira em Uberlândia

Um jovem, de 18 anos, foi preso neste sábado (14) após matar um empresário de 43 anos em Uberlândia com golpes de uma régua utilizada em construção civil. Segundo a Polícia Militar (PM), o rapaz confessou o crime, que ocorreu na madrugada deste sábado.

Os militares foram acionados a comparecer na Rui Piauí, no Bairro Custódio Pereira, onde havia ocorrido um homicídio. No local, os policiais encontraram o corpo do empresário no chão, na entrada de uma colônia de quatro casas. Segundo a PM, a vítima tinha diversos ferimentos na cabeça.

Ainda conforme a PM, o empresário estava em uma festa em uma das casas da vila onde todos fizeram uso de bebida alcoólica. A vítima e o autor eram vizinhos e costumavam fazer reuniões de lazer, de acordo com testemunhas.

A vítima era dono de um negócio de manutenção de piscinas.

Confissão

Aos policiais militares, o jovem contou duas estórias antes de confessar o crime. Primeiro, o rapaz disse que uma terceira pessoa estava agredindo a vítima e que tentou ajudá-lo. Depois, falou que ao ver as agressões saiu correndo do local.

Em seguida, o jovem confessou o assassinato e mostrou o local onde jogou a régua usada para tirar a vida do empresário.

Segundo o autor, o empresário teria ofendido a irmã dele em ocasiões anteriores e, desde então, queria se vigar. Por volta das 4h, quando a vítima estava se preparando para ir embora, os dois ficaram sozinhos e aproveitando a oportunidade o rapaz iniciou as agressões, no corredor da colônia. Em determinado momento, o jovem pegou a régua de construção e golpeou diversas vezes a cabeça do empresário.

A irmã do autor foi ouvida pela PM e não confirmou as supostas ofensas feitas por parte da vítima.

Violência

O autor ainda disse à PM que é natural do estado de Alagoas (AL) e que estava morando em Uberlândia há menos de um mês. De acordo com os policias, o jovem alegou que na região onde morava os desentendimentos são resolvidos com violência.

O jovem foi preso em flagrante por homicídio e encaminhado à Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Uberlândia. Os militares informaram que o rapaz não tinha passagem pelo sistema policial.

Fonte: G1

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações