Defesa Civil de Maceió recebe treinamento do Governo Federal para emissão de alertas à população

Capacitação tem como foco a gestão do risco de desastre em bairros da capital. Na segunda-feira (23), serviço de alerta em TVs por assinatura chega ao estado

Equipes da Defesa Civil do município de Maceió participaram nesta semana de um treinamento para emissão de alertas à população dos bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro – afetados por rachaduras e afundamentos no solo. A capacitação foi realizada por profissionais do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec); do Serviço Geológico Brasileiro (CPRM) e do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden).

“A ação integrada mostra a importância da formação de redes para a boa prestação do serviço público. Cada órgão entra com seus conhecimentos e profissionais, e todos juntos fortalecem a prestação dos serviços para a população que está exposta a possíveis desastres”, disse o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves.

O monitoramento dos parâmetros meteorológicos, hidrológicos e geológicos e o envio dos alertas serão realizados no Centro Integrado de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cimadec), em Maceió. O Centro foi reestruturado e recebeu o reforço de novos especialistas como engenheiros, geólogos e meteorologistas.

O treinamento desta semana envolveu mapeamento de riscos geológicos, monitoramento e alerta, comunicação de risco junto à população e metodologia de gestão de desastre e governança de órgãos parceiros. Além disso, a equipe foi preparada para identificar a progressão de um possível evento geológico e quais são os limites específicos para alertar a população, as melhores estratégias de alerta e quais ações específicas precisam ser realizadas para que se tenha um comunicado eficiente para a população.

A cidade de Maceió obteve o reconhecimento federal de situação de emergência do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em dezembro de 2018. Desde então, o Governo Federal tem realizado uma série de ações de apoio à população dos bairros afetados, como liberação de recursos para aluguel emergencial e apoio técnico para a defesa civil local.

Alertas em TVs por assinatura

Usuários de TVs por assinatura nos estados de Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro começam a receber a partir de segunda-feira (23), em seus televisores, os alertas da Defesa Civil Nacional sobre riscos de desastres naturais. O projeto, desenvolvido por meio de uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), oferece mais uma plataforma de comunicação com a população em momentos prévios a ocorrências, dando mais segurança e proteção às pessoas.

Atualmente, o sistema já está em operação no Paraná e em Santa Catarina, estados que recepcionaram o projeto-piloto a partir de maio deste ano. A iniciativa estará disponível em todo o Brasil até o final do ano. A implantação nos estados do Nordeste está programada para o mês de dezembro. Em Alagoas, o cronograma foi antecipado considerando a gestão do risco de desastre nos bairros Pinheiro, Bebedouro e Mutange.

Fonte: Ascom/ Ministério do Desenvolvimento Regional

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações