Com superlotação, Central de Flagrantes suspende entrada de novos detentos

A Central de Flagrantes, situada no bairro do Pinheiro, voltou a registrar superlotação de presos na tarde desta terça-feira, 08. A carceragem já atingiu o número máximo de 24 detentos e diante da situação, a direção da  unidade policial resolveu suspender a entrada de novos presos.

Esta é a segunda vez em oito dias que a Central de Flagrantes registra superlotação e o problema parece longe de ter fim já que os presídios – que também estão superlotados – não estão aceitando novos presos.

De acordo com informações de agentes da Polícia Civil, que preferiram não se identificar, enquanto a superlotação não for resolvida, não há condições de realizar novos flagrantes.

Eles informaram ainda que no local, há um procedimento suspenso, onde um rapaz foi preso pela Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) realizando furtos. O preso permanece sob a custodia dos agentes da Oplit por falta de espaço nas celas. O suspeito deverá ser transferido para a sede do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), na Mangabeiras, onde há apenas uma vaga.

A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou ao Alagoas 24 Horas que já está sendo negociada a transferência dos presos para resolver a situação.

Leia também: 

Agentes penitenciários barram entrada de presos por causa de superlotação

PC transfere presos e resolve superlotação na Central 1 e Code

Após impasses, Seris confirma transferência de presos para presídio do Agreste

Impasse com agentes do presídio do Agreste impede transferência de presos da Central de Flagrantes

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações