Mais dois militares são presos em investigação que apura roubo e extorsão

Dois militares foram presos, mediante mando de prisão temporária, em um desdobramento da Operação Expurgo, desencadeada em janeiro deste ano pelo Gaeco e que visava à prisão de militares acusados de roubo, tráfico de drogas e armas e invasão a residências.

Na época, foram cumpridos 21 mandados de prisão e entre os alvos estavam dois oficiais da PM e três praças identificados como Tiago da Silva Duarte, Wellington Aureliano da Silva, Cyro da Vera Cruz Neto.

Nesta terça (8) foram presos os soldados Marcelo Acioli Costa e Manoel Felipe Junior, ambos lotados no Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). Os militares foram conduzidos ao Presídio Militar.

Relembre a operação

MP prende oficiais da Polícia Militar acusados de cometer roubos e tráfico de drogas

Policial que atirou em flanelinha volta a ser preso por roubo e tráfico

Expurgo: mais um soldado é preso por envolvimento em grupo criminoso

MPE oferece denúncias contra tenentes presos na “Operação Expurgo”

Veja Mais

1 comentário

  • Josuel says:

    Não acredito, recuso-me a acreditar que policiais militares de Alagoas cometam roubo, tráfico de drogas e armas e invasão a residências: não creio. Tudo isso deve ser intriga da oposição querendo manchar o nome da briosa corporação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações