Alagoas sediará evento internacional sobre energia renovável

DivulgaçãoDivulgação

O Brasil está entre os países que mais utilizam fontes de energia renováveis. Mais de 45% da energia é gerada pelas águas, ventos, a incidência solar e a biomassa. Alagoas, que possui uma matriz energética de aproximadamente 80% de enrgia renovável, vai sediar, nos dias 19 e 20 de março, o evento internacional RenovEnergia’14, realizado pela Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), Prospectiva 2100 – Brasil, Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

O evento será realizado no auditório da Fiea, a partir das 9h, e tem como objetivo realizar o levantamento das perspectivas de desenvolvimento das energias renováveis na matriz energética do futuro, como também apresentar as tecnologias existentes e as inovações e técnicas em pesquisa e desenvolvimento. São esperados cerca de 300 participantes, entre professores, estudantes, empresários e pesquisadores de diversos estados brasileiros e de alguns países europeus como França, Alemanha e Itália.

De acordo com o secretário adjunto de Energia e Recursos Minerais da Seplande, Jackson Pacheco, o evento facilitará a integração entre a academia, empresários, formuladores de políticas públicas, através do repasse de informações. “Os temas abordados e os trabalhos apresentados servirão para que a sociedade perceba a importância em optar por energia renováveis, pois, no futuro poderemos sofrer com a escassez de alguns recursos energéticos”, explica.

Energia Renovável – Desde o ano 2000, as energias renováveis são o motor de grande parte do crescimento da energia limpa no mundo. Nos últimos anos temos visto uma intensificação significativa das tecnologias das fontes eólicas e solares fotovoltaicas. Outras tecnologias renováveis, em particular: hidráulica, geotérmica e biomassa, têm continuado a crescer, aumentando a capacidade da produção mundial de várias centenas de gigawatts.

O RenovEnergia’14 é realizado em parceria com o Sebrae, Embrapa, Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) e Conselho Estadual de Políticas Energéticas (CEPE).

Para maiores informações, basta acessar: http://renovenergia.2100.org/

Fonte: Rafael Maynart

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações