Polícia


Homem é assassinado e filho escapa de atentado em Girau do Ponciano

IML contabiliza entrada de seis corpos vítimas de violência.

A polícia investiga um homicídio e um atentado ocorrido na tarde de ontem (08) na cidade de Girau do Ponciano. Informações repassadas por familiares à polícia dão conta que dois homens em um veículo Celta, de cor preta e placa não identificada, seriam os autores dos disparos que vitimaram fatalmente o pai e deixou o filho ferido.

Luís Ferreira Ferro, de 56 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A outra vítima, Luan Ferreira Ferro, é uma criança de apenas nove anos, filho de Luís. Os policiais ainda não tem detalhes de como se deu o crime ou sua autoria. O menino foi socorrido pelo tio para a Unidade de Emergência de Arapiraca. Não há confirmação sobre seu estado de saúde.

IMLs

Segundo consta no relatório da Perícia Oficial de Alagoas (Poal) seis corpos deram entrada nos Institutos Médico Legal de Maceió e Arapiraca. Em todos os casos as vítimas foram mortas com arma de fogo. Conforme havia divulgado o Alagoas24horas não há registros de homicídio em Maceió e Região Metropolitana. Os crimes foram cometidos no interior do estado e, até o momento da publicação desta matéria, não há a confirmação de prisões de suspeitos.Além de Luís Ferro outros cinco coros deram entrada nos IMLs vítimas de violência.

Entre os casos de homicídios está o de Carlos Alberto Alves Santana, de 43 anos, morto a tiros na zona rural de Coruripe; também deu entrada no IML de Maceió, Josiel Nascimento de Oliveira, de 21 anos, também morto a tiros no Sítio Boa Vista, município de Major Isidoro; em Arapiraca, o agricultor Ednaldo da Silva Santos, de 22, também foi morto a tiros quando transitava pela Rua Senador Arnon de Melo; Já José Ramos Teixeira, de 48 anos, foi morto na cidade de Porto Real de colégio. Ainda deu entrada o corpo de Eliomar Leandro da Silva, de 15 anos, morto a tiros em São Sebastião. Além da ossada humana, encontrada no Benedito Bentes e tratada como morte a esclarecer. O caso já foi relatado pelo Alagoas24horas

Não consta no relatório o nome de Paulo Sergio Nascimento de Farias, 34 anos, executado na manhã deste sábado dia 09, na Rua José Corado dos Anjos, no Bairro Cavaco, em Arapiraca.

O relatório traz ainda duas retificações em relação ao emitido na manhã de ontem. A primeira é a inclusão do nome de Paulo Cesar Santos Filho, de 17 anos, morto a tiros ontem, no povoado Manimbu, na cidade de Penedo. O caso foi relatado pelo Alagoas24horas.

A segunda é sobre o corpo ontem divulgado como não identificado. A Poal esclarece que a vítima publicada no relatório no dia de ontem, 08 de fevereiro, como ‘não identificado’ e tipo de morte, por espancamento, oriunda do bairro Manoel Teles, em Arapiraca e que deu entrada na respectiva unidade da cidade, após exame de necropsia, a equipe comandada pelo perito médico legal plantonista constatou que o tipo de morte da vítima foi por meio de arma branca. A vítima também foi devidamente reconhecida por familiares e documentos oficiais como sendo Cayo Cesar Barbosa de Araujo, de 24 anos.

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>