PDT rebate acusações de MPF contra Ronaldo Lessa

Alagoas24horas/ArquivoEx-governador Ronaldo Lessa

Ex-governador Ronaldo Lessa

O Partido Democrático Trabalhista (PDT/AL) rebateu as acusações de que o ex-governador Ronaldo Lessa e a ex-secretária de Saúde do Estado Kátia Born seriam os responsáveis pelo desvio de R$ 5 milhões, que deveriam ter sido investidos na reforma da Unidade de Emergência Dr. Armando Lages – atual Hospital Geral do Estado (HGE).

Veja a nota do PDT na íntegra:

A Executiva Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT-AL) vem a publico manifestar indignação diante de mais uma ação injuriosa movida pelo Ministério Público Federal contra o ex-governador Ronaldo Lessa.

Em reunião ocorrida no dia 20 de fevereiro a Executiva deliberou por esclarecer:

1) No dia 31 de dezembro de 2005, o governador Ronaldo Lessa assinou convênio para reforma e ampliação da Unidade de Emergência Armando Lages, hoje Hospital Geral do Estado;

2) A licitação ocorreu no mês de maio de 2006, quando Ronaldo Lessa já não era mais governador do Estado, e seguiu os trâmites legais, inclusive com parecer da Procuradoria Geral do Estado;

3) As contas do Estado referentes ao exercício de 2006 foram aprovadas pela Assembleia Legislativa;

4) Mais de 80% da execução e pagamento da obra ficaram a cargo do governo que tomou posse em 2007, no caso o Sr. Teotônio Vilela, a quem cabe prestar contas à Justiça e à sociedade.

O PDT-AL constata que o ex-governador Ronaldo Lessa tem sido vítima de uma sórdida perseguição política motivada por razões inexplicáveis que choca a sociedade alagoana.

Diante dessa situação o PDT-AL decidiu que não mais tolerará que episódios de tal estirpe venham a público macular a imagem de Ronaldo Lessa sem uma resposta à altura, tanto que encaminhará ao Conselho Nacional do Ministério Público representação contra o procurador responsável pela infundada denúncia.
Maceió, 20 de fevereiro de 2013.

EXECUTIVA ESTADUAL DO PDT-AL

Fonte: PDT/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações