Polícia


Polícia desarticula novo plano para matar delegado de Marechal

Alagoas 24 HorasCarlos Alexandre (à esq) e Edilson da Silva (à dire)

Carlos Alexandre (à esq) e Edilson da Silva (à dire)

A Polícia Civil prendeu, nas primeiras horas desta sexta-feira (30), cinco homens e apreendeu três adolescentes acusados de planejar a morte do delegado titular de Marechal Deodoro, Jobson Cabral, e mais dois militares da 5ª Cia independente, o capitão Goulart e sargento Pita. A ação ocorreu no Recanto da Ilha, em Barra Nova.

A operação denominada de “Jacaré” foi desencadeada após dois meses de investigação. Os policiais identificaram que o líder do bando, José Roberto Silva da Rocha, conhecido como “Doido do Bolão”, de 37 anos, estava articulando a morte dos agentes públicos. Ele teria reagido à investida policial e ainda baleado o capitão Goulart, com um disparo de arma de fogo que ficou preso no colete do militar.
“Ele já havia sido preso por mim em outra oportunidade e quando ganhou liberdade começou a dizer que queria me matar”, informa o delegado Jobson Cabral.

Diversas denúncias anônimas foram colhidas pela polícia para desarticular o plano criminoso, entre elas, populares informaram que o criminoso monitorava todos os passos do delegado e dos dois militares. “Eles estavam aterrorizando os moradores da favela, abrigando inclusive, traficantes que chegavam de Maceió”, complementa o delegado.

Durante a ação desencadeada em parceria com a Polícia Militar, a polícia conseguiu prender além de Josér Roberto: Carlos Alexandre Ramalho Costa, de 21 anos; Maurício Lima dos Santos, o “Mago”, de 23 anos; Edilson Silva dos Santos, o “Nanaí”, de 20 anos; e Carlos Alexandre Vieira da Silva, o “Neguinho”, de 20 anos. Também foram apreendidos dois adolescentes de 14 e 15 anos e uma menor de 16.

Eles foram presos com 78 pedras de crack, 62 trouxas de maconha, 46 gramas de maconha, além de dois revólveres calibre .38, com 9 munições e duas balanças de precisão. ‘A partir de agora com o interrogatório podemos descobrir ainda quais outros crimes todos eles praticaram’, disse o delegado.

Depois de serem interrogados eles serão encaminhados para a Casa de Custódia.



Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>