Polícia


Familiares questionam investigação sobre morte de ex-jogador e realizam mobilização

Reprodução/FacebookGustavo Melo morreu após ser atingido por tiro na cabeça

Gustavo Melo morreu após ser atingido por tiro na cabeça

Familiares e amigos do jovem Gustavo Melo, 30 anos, estão programando para esta terça-feira, 3, uma grande mobilização em protesto à morte do ex-jogador, que se deu 11 dias após ser atingido por um tiro na cabeça em um bar na cidade de Olho D’Água das Flores. O autor do disparo seria o médico veterinário Rude Rodrigues, que se apresentou à polícia e afirmou em depoimento que o tiro foi acidental e posteriormente foi liberado.

O caso ocorreu no dia 18 de janeiro e está sendo investigado pelo delegado Gilson Melo, titular de Olho D’Água das Flores, cidade a 197 quilômetros da capital alagoana. A reportagem do Alagoas 24 horas tentou contato com o delegado nesta segunda, 2, para saber sobre o andamento das investigações, mas não obteve êxito.

O presidente do inquérito afirmou que iria solicitar imagens das câmeras de segurança existentes no entorno do bar. No dia do episódio, Gustavo Melo bebia na companhia de Rude Rodrigues, e outros dois amigos, quando Rude foi ao seu veículo, uma Hilux, e teria chamado Gustavo, que foi ferido com o disparo e encaminhado ao hospital, onde morreu posteriormente.

A família do ex-jogador do CEO, de Olho D’Água das Flores, questiona a versão apresentada pelo autor do disparo, além de questionar a isenção da investigação promovida pela polícia judiciária. O principal questionamento diz respeito à ausência de qualquer discussão entre vítima e suspeito e à falta de testemunhas no momento crucial, quando houve o disparo.

A mobilização irá percorrer as ruas centrais da cidade com o tema Gustavo Melo: Não foi acidente!

Fonte: Com assessoria *

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>