Trabalhadores da Casal protestam em frente à Procuradoria do Trabalho

Em greve há mais de 15 dias, os servidores da Casal reivindicam o fechamento do acordo coletivo anual e aguardam a decisão da assembléia entre o sindicato e o Procurador Regional do Trabalho, Cássio de Araújo Silva.

Os servidores alegam que a empresa quer retirar conquistas anteriores, como vale alimentação e vale transporte. Eles reivindicam também um aumento de 6,61% nos salários.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Urbanitários, João Rodrigues, uma comitiva formada com cerca de 300 trabalhadores do interior está chegando em Maceió. Ele disse ainda que mais de 80% dos servidores aderiram à greve, apoiada também por outros sindicatos, como Correios e INSS.

A assembléia foi marcada para às 8h30, mas está começando neste momento.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações