STF determina abertura de inquérito para investigar mensalão

Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a abertura de inquérito para investigar o suposto pagamento de mesadas a parlamentares. O presidente do Tribunal, ministro Nelson Jobim, acolheu o parecer do procurador-geral da República, Antônio Fernando Souza, que, na última sexta-feira (22) deu prazo de 15 dias para que a Polícia Federal analise o material apreendido na agência do Banco Rural em Brasília.

De acordo com a determinação do ministro Nelson Jobim, a Polícia Federal deverá fazer uma varredura nos documentos apreendidos até agora. Entre as medidas estão "a identificação dos agentes públicos, inclusive parlamentares, signatários dos recibos que constam nos autos", numa referência à análise da movimentação financeira e da lista de saques feitas das contas das agências de publicidade do empresário Marcos Valério Fernandes, acusado de ser operador do suposto esquema de pagamento de mesadas.

A assessoria de imprensa da Polícia Federal informou que a documentação já está na PF e os delegados responsáveis pelas investigações começaram o trabalho de identificação da lista de sacadores das contas de Marcos Valério na agência do Banco Rural em Brasília.

Na semana passada, o inquérito que investiga o suposto esquema de pagamento de mesadas a parlamentares saiu da competência da Polícia Federal e passou para o STF, por determinação do juiz Jorge Macedo, da 4ª Vara Federal em Minas Gerais. O STF irá presidir as investigações e determinar à Polícia Federal a realização de diligências e análise de documentos.

Fonte: Agência Brasil - Radiobrás

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações