CPI pede prisão preventiva de Valério a Procuradoria-Geral

O pedido de prisão preventiva e indisponibilidade dos bens do empresário Marcos Valério será encaminhado hoje à tarde à Procuradoria-Geral da República (PGR).

O documento será entregue por parlamentares da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios ao procurador-geral, Antônio Fernando Souza. O requerimento pedindo a prisão do empresário foi aprovado ontem pela CPMI.

Após receber formalmente o documento, o procurador terá 20 dias para encaminhar o pedido de prisão à justiça federal. A assessoria de imprensa da PGR informou, no entanto, que o Antônio Fernando de Souza irá dar um encaminhamento rápido ao pedido da CPMI.

Fonte: Agência Brasil

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações