Estudantes fazem campanha de prevenção a acidentes com tubarões

Recife – Estudantes universitários dos cursos de engenharia de pesca e de biologia, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) estão intensificando, neste final de semana, a distribuição de panfletos educativos aos freqüentadores das praias da zona sul do Recife e região metropolitana.

O material contém informações sobre áreas de riscos de ataques de tubarões e recomendações com procedimentos que devem ser evitados ao entrar no mar, a exemplo de não usar objetos brilhantes.

A iniciativa integra as ações do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões, que desde o ano passado desenvolve ações de vigilância e pesquisa na costa de Pernambuco, com incentivo financeiro do ministério da Ciência e Tecnologia. Nos últimos 13 anos foram contabilizados 46 ataques, que resultaram em 17vítimas fatais.

Segundo Alexandre Carvalho, presidente do Instituto Oceanário de Pernambuco, o alerta a população local e aos turistas é necessário uma vez que 30% dos ataques de tubarões aconteceram de julho a setembro, no período maré alta e de lua cheia e lua nova, quando os animais se aproximam dos estuários para reproduzir.

Há 10 anos, a prática de esportes náuticos é proibida em Boa Viagem, para evitar ataques de tubarões. Pesquisadores da Universidade Rural aprovaram o estudo que vem sendo realizado pelo Instituto Praia Viva, sobre a de viabilidade de instalar, no mar, redes de proteção, semelhantes as que existem na Austrália, para permitir o retorno de campeonatos de surf, durante os finais de semana.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações