Americanos adaptam remédio cardíaco para combater câncer

Cientistas americanos afirmam ter adaptado um remédio de combate a problemas cardíacos para uma droga que ajuda a tratar pessoas com câncer.

A digoxina, que vem da planta conhecida como dedaleira ou digitalis, normalmente é utilizada para estabilizar o ritmo do coração e ajudá-lo a bater de forma mais eficiente.

Uma equipe da Universidade de Wisconsin-Madison alterou alguns blocos da estrutura da digoxina para fazer com que ela auxilie no combate a tumores.

Publicado na revista americana Proceedings of the National Academy of Sciences, o trabalho indica que outras drogas "naturais" também podem ser manipuladas.

‘Avanço biomédico’

O médico Jon Thorson e seus colegas descobriram que era possível alterar a ação da droga por meio de uma técnica chamada "neoglicorandomização", que muda a forma com que os açúcares estão agrupados.

No caso da digoxina, a troca da ordem dos açúcares aumentou a capacidade da substância de combater células cancerígenas.
Segundo Thorson, chegou-se num ponto em que é possível adaptar o remédio de tal forma que se consegue tratar o câncer sem provocar danos ao coração.

Ele disse que a técnica da neoglicorandomização também pode ajudar médicos a desenvolver drogas para combater outras doenças.

O integrante da organização não-governamental britânica Câncer Ressarch UK, Gazela Nuns, disse que a descoberta significa um importante "avanço biomédico", mas ressaltou que "qualquer droga desenvolvida por meio dessa técnica vai ter de passar por rigorosos testes clínicos para comprovar sua segurança e eficiência em humanos".

Fonte: BBC

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações