Vice-prefeito de Senador Rui Palmeira é preso por porte ilegal

O vice-prefeito de Senador Rui Palmeira, José Edivanio Bezerra da Silva, foi preso por porte ilegal de arma, em uma churrascaria, no município de São José da Tapera, enquanto estava conversando com outro homem, que a Polícia Civil acredita se tratar de um matador de aluguel.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Robervaldo Davino, o vice-prefeito estava sendo investigado há mais ou menos um mês, por haver indícios de que ele queria assassinar o atual prefeito da cidade, Siloé de Moura. A prisão foi fruto de uma investigação sigilosa da cúpula da Polícia Civil e do Tático Integrada Grupo Resgate.

A Polícia Civil suspeita que o José Edivanio resolveu matar o prefeito Siloé de Moura (PSB), para que a culpa sobre o homicídio recaísse sobre o comerciante e ex-prefeito José Romildo Ferreira, acusado de matar o filho de Siloé de Moura, Wilson de Oliveira Silva, que tinha 21 anos na época. Com o álibi, o vice-prefeito assumiria tranqüilamente a Prefeitura Municipal de Senador Rui Palmeira.

José Edivanio se encontra detido na Delegacia Regional de Santana do Ipanema, onde presta depoimento sobre o porte ilegal de arma, na manhã de hoje.

Grampo

O secretário Robervaldo Davino não confirmou a utilização de grampos nas investigações policiais, mas diz que o trabalho minucioso levou a indícios muito fortes de possíveis negociações entre José Edvanio e matadores de aluguel. A última delas, resultou em uma reunião, às escondidas, numa churrascaria de beira de estrada.

Davino ressalta que a Polícia Civil, ao perceber que ele estava armado, resolveu prendê-lo pelo porte de arma, porque o crime não precisa do pedido de preventiva, já que está dentro do flagrante delito. Desta forma, com o vice-prefeito preso, o secretário acredita que as investigações andem mais rápidas, chegando a provas materiais das negociatas.

Para manter o vice-prefeito encarcerado será aberto um inquérito de porte-ilegal de arma, dentro de dez dias. “Encaminharemos a notificação da prisão a Justiça e vamos abrir o procedimento de inquérito policial. Paralelo a isto, a Polícia Civil vai investigar a intenção de José Edivanio matar o prefeito da cidade”, declarou Davino.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações