Homem vivia com mãe morta para manter pensão

Um francês sexagenário viveu por cinco anos com o cadáver da mãe em casa para continuar recebendo a sua pensão mensal de 700 euros (US$ 850), informaram hoje fontes judiciais .

O homem, que trabalha no necrotério de um hospital, será processado por fraude e por ocultação de cadáver depois que a polícia achou o corpo em um apartamento de dois quartos no centro da cidade.

A polícia havia ido ao apartamento por causa de aluguéis em atraso e outras contas não pagas. O francês imitava a voz de uma mulher idosa na tentativa de enganar o serviço social. Sua mãe havia morrido de causas naturais aos 94 anos.

Fonte: Terra

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações