Rapel é atração em Governo no Interior

A grande atração da 39ª edição do Governo no Interior, realizado em Pilar, sem dúvida alguma foi a equipe do Corpo de Bombeiros (CB). O motivo foi a demonstração de rapel e a oportunidade que a comunidade teve de conhecer e desfrutar um esporte de aventura.

O rapel consiste em utilizar técnicas verticais para vencer obstáculos naturais como penhascos e paredões. É muito utilizado por diversas atividades como escaladas, estudos espeleológicos e em resgate em montanhas, como é o caso do CB.

No município de Pilar a modalidade foi realizada na torre da igreja Matriz Nossa Senhora do Pilar. São mais de 20 metros de altura e uma vista panorâmica da cidade que, segundo os praticantes do esporte, complementam a aventura.

De acordo com o aspirante do CB, Francisco Leopardi, para praticar rapel é necessário ser conhecedor de técnicas além de ter muita experiência com o manuseio de equipamentos básicos de escalada como cadeirinha, mosquetões, freio, corda estática, etc. “Há ainda os equipamentos de segurança, como luvas e capacete que também não são de menor importância. Além da importância de se trabalhar em equipe, pois cada componente tem um papel fundamental e específico para garantir a segurança”, ressaltou.

A descida

A sensação que o rapel proporciona foi a maior curiosidade em Pilar. Para a estudante de psicologia Rosany Lima, de 22 anos, que nunca desfrutou desta modalidade esportiva e foi a primeira pessoa sem experiência a descer a torre pela corda, não deu para ter medo em momento algum. “A gente tem se concentra tanto na técnica que até esquece um pouco da altura. Agora outra coisa fundamental é não olhar para baixo, para evitar tontura”, diz.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações