Polícia


Sedres transfere 66 presos do Baldomero para o presídio do Agreste

A medida tem como finalidade evitar fugas e motins.

DivulgaçãoPresídio do Agreste

Presídio do Agreste

A Secretaria de Estado de Defesa Social e Ressocialização (Sedres) realiza na manhã desta quarta-feira (11) a transferência de 66 detentos do Presídio Baldomero Cavalcanti para o presídio do Agreste, na cidade de Girau do Ponciano. A medida tem como finalidade evitar fugas e motins.

A Sedres informa ainda que os reeducando passaram por uma triagem e foram escolhidos os 66 que representam maior risco. “Serão transferidos os considerados mais perigosos. Aqueles que estão envolvidos em planos de fuga e motins,” esclarece a assessoria do órgão.

O presídio do Agreste é considerado de segurança máxima e tem ‘mecanismos’ não disponibilizados no Baldomero, a exemplo de bloqueador de celular, o que impede que – mesmo que o aparelho ‘escape’ aos olhos na revista permaneça indisponível para uso dentro da unidade.

Girau do Ponciano

Outros 59 detentos serão trazidos de Girau do Ponciano para Maceió.


Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>