Sedres transfere 66 presos do Baldomero para o presídio do Agreste

A medida tem como finalidade evitar fugas e motins.

DivulgaçãoPresídio do Agreste

Presídio do Agreste

A Secretaria de Estado de Defesa Social e Ressocialização (Sedres) realiza na manhã desta quarta-feira (11) a transferência de 66 detentos do Presídio Baldomero Cavalcanti para o presídio do Agreste, na cidade de Girau do Ponciano. A medida tem como finalidade evitar fugas e motins.

A Sedres informa ainda que os reeducando passaram por uma triagem e foram escolhidos os 66 que representam maior risco. “Serão transferidos os considerados mais perigosos. Aqueles que estão envolvidos em planos de fuga e motins,” esclarece a assessoria do órgão.

O presídio do Agreste é considerado de segurança máxima e tem ‘mecanismos’ não disponibilizados no Baldomero, a exemplo de bloqueador de celular, o que impede que – mesmo que o aparelho ‘escape’ aos olhos na revista permaneça indisponível para uso dentro da unidade.

Girau do Ponciano

Outros 59 detentos serão trazidos de Girau do Ponciano para Maceió.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *