Maceió


Jornada de luta: Via do Trabalho ocupa Porto e casas em Maragogi

Alagoas 24horasTrabalhadores da Via do Trabalho impediram acesso ao Porto de Maceió

Trabalhadores da Via do Trabalho impediram acesso ao Porto de Maceió

Em jornada estadual desde o início da semana, trabalhadores rurais ligados ao Movimento Via do Trabalho (MVT) bloquearam o acesso ao Porto de Maceió e ocuparam um conjunto habitacional no município de Maragogi, litoral norte do Estado.

A entrada do Porto foi liberada após três horas de bloqueio e, de acordo com Antonio Marcos, o Marrom, só foi possível graças à garantia do Gabinete Civil que lideranças do movimento teriam uma audiência com o governador Renan Filho (PMDB).

Após a liberação do Porto, eles seguiram em marcha pelas ruas de Jaraguá até a Praça Visconde de Sinimbú, no Centro de Maceió, onde estão acampados desde o início da semana.

“A ocupação do Porto teve um caráter político, pois o governo só incentiva o agronegócio, pelo fim da violência no campo e a solicitação de uma audiência com o Incra Nacional, já que não sentamos com o local”, assegurou.

Ainda de acordo com Marrom, trabalhadores urbanos de Maragogi ocuparam 150 moradias do Conjunto Habitacional Leda Paes, no município. Segundo ele, o conjunto é uma parceria do município com a Caixa Econômica Federal (CEF) e há dois anos estão paradas.

A previsão do movimento é encerrar essa ‘primeira’ fase de mobilização na capital após a audiência com o governador. “Mas a nossa jornada de mobilização só encerra no abril vermelho”, concluiu.


1 Comentário

  • Vão procurar O que fazer
    bando de desocupado. Deixem
    o povo trabalhar. vocês São usados
    para ser massa de manobra. CoitadOs
    não saem nunca da miséria; vocês vão acordar
    quando?

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>