Formula 1


Rosberg aproveita má largada de Hamilton e vence na Itália

Em erro no procedimento de largada, britânico cai para sexto, se recupera, mas não consegue passar companheiro de equipe; Massa é 9º

MotorSportFórmula1

Talvez nem ele esperasse. Nico Rosberg venceu neste domingo (4) pela primeira vez o GP da Itália contando com uma bela ajuda do companheiro de equipe na Mercedes, Lewis Hamilton. Na pole, o atual tricampeão do mundo largou muito mal e caiu para o sexto lugar.

Perdendo tempo na recuperação, ainda que com um carro muito mais rápido que o dos concorrentes, Lewis chegou ao segundo lugar se usando de uma estratégia de apenas uma parada. Mesmo mostrando um pouco mais de ritmo que Rosberg, o piloto não pôde passar o companheiro de equipe para evitar sua 21ª vitória na Fórmula 1 e sétima do ano.

Com o resultado, a diferença entre Hamilton e Rosberg no campeonato cai de nove para dois pontos.

Correndo em casa, a Ferrari fechou o pódio com Sebastian Vettel, que teve corrida tranquila. Kimi Raikkonen o comboiou durante a prova toda, terminando a corrida no quarto lugar. O time italiano foi superado por Hamilton pelo fato de ter feito duas paradas.

Valtteri Bottas fez boa corrida, mas não foi capaz de segurar o australiano Daniel Ricciardo da Red Bull, que lhe roubou o quinto lugar nas últimas voltas.

Fazendo corrida razoável, Felipe Massa chegou na nona posição após largar de 11º. Já Felipe Nasr teve sua corrida prejudicada logo na segunda volta. O piloto se tocou com Jolyon Palmer na saída da primeira chicane, furando seu pneu traseiro direito. Ele teve de abandonar a prova, mas, por ter sido considerado culpado pelo incidente, Felipe retornou à pista para pagar uma punição de dez segundo e abandonar mais uma vez.

A corrida

Na partida, Hamilton largou muito mal. Pole position, o britânico caiu para sexto lugar. Ao fim da primeira volta, o top-10 era Rosberg, Vettel, Raikkonen, Bottas, Ricciardo, Hamilton, Perez, Massa, Alonso e Hulkenberg.

Hamilton passou Ricciardo logo no fechamento da primeira volta. Enquanto isso, Felipe Nasr acabou se tocando com Jolyon Palmer após a primeira chicane, furando seu pneu. Nasr abandonou duas voltas depois, enquanto Palmer também saiu da prova pouco após.

Hamilton assumiu o quarto lugar na volta 10 com uma ultrapassagem em Bottas.

As paradas começaram na volta 14, com Bottas, Verstappen e Alonso. Foram também para a estratégia de duas paradas Ricciardo, Vettel, Raikkonen e Massa.

Na volta 20, o top-10 era Rosberg, Hamilton, Vettel, Raikkonen, Bottas, Grosjean, Ricciardo, Perez, Verstappen e Sainz.

A Mercedes adotou uma estratégia de uma parada, parando com Rosberg e Hamilton nas voltas 25 e 26. No retorno, Rosberg ficou à frente das duas Ferraris e Hamilton em quarto.

Cinco voltas depois, as últimas paradas começaram, com as Ferraris indo para os pits, seguidas por Bottas, Perez e Ricciardo.

A dez voltas do fim o top-10 era Rosberg, Hamilton, Vettel, Raikkonen, Bottas, Ricciardo, Perez, Verstappen, Massa e Hulkenberg.

Nas últimas voltas, Ricciardo passou Bottas pelo quinto lugar.

A próxima etapa acontece em duas semanas, em Cingapura.

Fonte: MotorSport

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>