A dor da morte vira saudade: Partiu para a eternidade o nobre e querido amigo Eng º Agrônomo José Antonio dos Santos, carinhosamente conhecido como “Zeca”

Partiu para a eternidade um dos melhores amigo que já tive, José Antonio dos Santos que carinhosamente chamávamos de Zeca, nascido em São Paulo na cidade de Ribeirão Preto Zeca aportou em Maceió há cerca de quarenta anos, o conheci logo que chegou aqui em Maceió, eramos na época uma turma de jovens adolescentes e sonhadores, Zeca já era formado em Agronomia, íamos com frequência ao Ipaneminha de saudosa lembrança dos anos 80 e 90, nossa turma, eu, Nilson Márcio médico radicado hoje em São Paulo, Fernando, Tilminha, Nenem, Stanley, Solange esposa de Zeca e tantos outros que a memória agora me trai e não consigo lembrar de todos.

Zeca era um paulista, mas era mais alagoano do que muita gente que conheço, ele amava estas terras praieiras, morava de frente pro mar de ponta verde e de vez quando nos encontrávamos nas caminhadas da orla, e sempre conversávamos sobre os velhos tempos de nossas farras nos bares da nossa querida e amada Maceió.

Engenheiro Agrônomo da mais alta qualidade, Zeca era apaixonado pelo campo, era funcionário da Secretaria de Agricultura do Estado de Alagoas onde deixou muitos e muitos amigos, pois Zeca era dessas pessoas que por onde passava deixava um rastro de bondade, amizade, calor humano e um exemplo de profissionalismo.

Nobre amigo Zeca, por mais duro que seja, precisamos nos acostumar com a ideia de que somos passageiros na vida e que o nosso destino final não é aqui.

Infelizmente, também não sabemos em qual estação devemos descer e nem em qual estação devemos nos despedir das pessoas que amamos.

Há gente muito querida que desce muito antes do imaginado… pensávamos nós que ainda teríamos muitos e muitos quilômetros pela frente.

Sim, para alguns de nós a viagem é mais curta, mas não significa que seja menos intensa e importante.

Quantas pessoas passam pela nossa vida rapidamente e deixam tão valiosas lições?

Mas a vida é assim, e nós seguimos viagem olhando para trás até a paisagem mudar, e ficar em nossa mente como uma fotografia bonita, que nos faz sorrir.

Você Zeca, desceu hoje em uma estação.

Partiu sem nos dar a chance de uma despedida.

Mas a verdade é que não precisamos nos despedir, pois todos nós vamos nos reencontrar nos cruzamentos da eternidade.

Nós só temos os nossos caminhos desencontrados por algum tempo.

Seguimos com a vida lembrando com carinho daqueles que já desembarcaram e pensando que um dia vamos nos reencontrar.

Vamos orar para você, e para a sua família.

Vai com Deus para a morada celestial meu nobre e querido amigo Zeca!

Serviço :
Velório: Amanha dia 17 de junho a partir das 07:00 hrs na capela do cemitério da Piedade
Sepultamento: Ás 14:00 hrs no cemitério da Piedade

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações