Blogs


Bela e a Fera decepcionou?

Esta postagem é de total responsabilidade do blogueiro.

442219Dessa vez terei que ficar em cima do muro. Bela e a Fera não chega ser decepcionante, mas também não está na lista das adaptações em live action da Disney mais bem sucedidas. Quem é fã da animação de 1991 vai gostar do mesmo jeito, pois o diretor Bill Condon fez uma grande homenagem a primeira versão, isso é nítido inclusive nos enquadramentos de cenas.

Mas ao mesmo tempo, ele conseguiu trazer elementos novos, como diversidade racial e o primeiro personagem LGBT da Disney.

Tudo isso se encaixa, pois ao contrário das demais protagonistas, a Bela não é uma princesa, mas uma jovem que espera mais da sua vida, além daquela vivida no vilarejo francês do século XVII. Até porque seu rival não é outra mulher, mas um homem, o Gaston. O filme trouxe bem esse espirito de empoderamento e mudanças sociais que estamos vivendo. Além de lembrar a mensagem principal, de que atrás de corpos, existem almas que precisam ser valorizadas.

Luke Evans (Gaston) e Josh Gad (LeFou) roubam a cena no longa. A dupla consegue arrancar boas risadas do público e trazem muito bem a parte musical da história.

Apesar de muitos críticos não gostarem, eu achei interessante o caminho percorrido pela Bela até se apaixonar pela Fera. Foi rápido? Foi. Mas ao mesmo tempo foi delicado, e até a gente se encantaria da mesma forma. Porque o amor entre os dois não surge de atos heroicos, mas a sensibilidade encontrada na Fera no cotidiano dentro do castelo.

Emma Whatson convenceu enquanto protagonista. Não é a sua melhor atuação, mas ela carrega na sua vida pessoal esse espírito da Bela, sempre engajada em causas femininas e humanitárias, acaba colocando essas características na personagem.

Senti falta da atuação de Dan Stevens como Fera, isso porque ela aparece no formato de animação, então só ouvimos a sua voz e com efeito. Mas ele aparece no final do longa, acho que deveriam ter trabalhado em forma de maquiagem. O diretor explicou que a produção tentou, mas o resultado não ficou muito bom.

Gente. E o que são os objetos? Fui a exibição com medo, porque no original eles são uma graça e ajudam no enredo dentro do castelo. Mas não decepcionaram. São uma graça e o público irá se divertir muito!

Entre pontos positivos e negativos, Bela e a Fera mais uma emociona, e surge em um momento onde a sociedade precisa reaprender a aceitar o outro como ele é!


Veja mais


250px-Star_Wars_The_Last_Jedi

Fiquei anestesiado após assistir Star Wars: Os Últimos Jedi

Para quem assistir Star Wars: Os Últimos Jedi  que estreia nesta quinta-feira (14) pode ficar com a sensação de que está vendo mais do mesmo. Contudo, quem é fã da franquia ...

banner_oficial_festa_santa_2_anos

Festa “Santa” celebra dois em grande estilo neste final de semana

Não há dúvida que entre as festas que mais fazem sucesso em Maceió, está a Santa. Completando dois anos neste mês de dezembro, uma grande celebração marca a data na próxim...

uo

Banda Uó se despede com o clipe “Tô na Rua”

“Se você quiser me encontrar. Você já sabe onde me achar. Eu tô na rua meu bem, sempre na rua meu bem”. São com essas palavras que a nossa querida Banda Uó se des...

Pop Boy

Marcos Filipe é jornalista formado pela Universidade Federal de Alagoas e viciado em tudo o que envolve Mídias Sociais, Cinema, Televisão, Música, Literatura e Eventos. Um Geek de carteirinha, ligado em desenho animado e games. Desde 2010 escreve sobre esses assuntos se alimentando todos os dias da mais pura Cultura Pop.

Outros posts de Pop Boy

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>