Biu de Lira defende liberação da jogatina e vira relator

Benedito Lira, do PP/AL, pediu, articulou, insistiu, brigou e conseguiu: foi designado relator, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, do projeto de lei 186/2014, que libera os cassinos e jogos de azar no país.

O projeto é considerado, na opinião pública e até dentro do próprio Congresso, um assunto barra-pesada. Argumenta-se que a jogatina, na maioria dos países em que é liberada, acaba sob controle do crime organizado e é instrumento muito usado na lavagem de dinheiro.

Biu de Lira é acusado na Lava-Jato por supostos negócios escusos com o doleiro Alberto Youssef. O projeto da jogatina é de autoria do senador piauiense Ciro Nogueira, também do PP e igualmente investigado na Lava Jato.

A coluna de Ricardo Boechat, na IstoÉ deste final de semana, lembra que Benedito de Lira não assinou a CPI do Carlos Cachoeira, que investigou exatamente os meandros clandestinos do jogo de azar.

Lembra também que há dias, a Justiça Federal do Paraná mandou bloquear R$ 10,4 milhões da conta de Benedito de Lira, delatado por Ricardo Pessoa, da UCT, por “condutas ímprobas”.

Biu de Lira defende a lliberação dos cassinos e o perdão aos que se envolveram com o jogo do bicho e a exploração de máquinas caça-níqueis.

ArquivoBenedito de Lira vai relatar projeto na CCJ

Benedito de Lira vai relatar projeto na CCJ

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *