CPRM não garante permanência de moradores do Pinheiro nas áreas afetadas; Braskem é causa do problema

Finalmente a CPRM divulgou o laudo sobre as ocorrências no bairro do Pinheiro e adjacências e pontuou, através do geólogo Thales Queiroz Sampaio, que a Braskem contribuiu – já que foram encontradas falhas geológicas – para a ocorrência dos problemas causados na região. O órgão federal não recomenda a permanência de moradores nas regiões mais críticas, principalmente na área vermelha, mas não quer dizer que todos saiam correndo do local.

Resta, agora, providências por parte dos governos municipal, estadual e federal para resolver o problema da população. O risco maior é com a chegada da quadra chuvosa. A Braskem deve se pronuncia sobre o problema nas próximas horas já que também está utilizando modernos equipamentos para um diagnóstico mais completo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações