Estado não paga e Canal do Sertão fica desprotegido por falta de segurança

A falta de pagamento para com a empresa Scoltt Segurança de Valores Litda por parte da Secretaria de Estado de Recursos Hídricos, está deixando o Canal do Sertão literalmente desprotegido e à mercê de vândalos que atuam naquela região. Por estar sem cinco meses sem receber o que lhe é devida, a empresa não teve outra alternativa a não ser demitir 28 vigilantes que faziam a segurança do Canal do Sertão. O débito é da Secretaria de Estado de Recursos Hídricos que em nenhum momento acenou com a possibilidade de quitar o débito.

Com essa inadimplência 28 famílias ficam sem o emprego a partir do dia 24, após cumprirem o aviso prévio expedido pela Scoltt Segurança de Valores. Outras empresas, a exemplo de hospitais e prestadores de serviços também não recebem há meses.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações