Governador admite culpados, mas defende ex-secretária de Saúde

Depois de um longo silêncio sob a alegação de que estava em Brasília, como se as notícias não chegassem rapidamente ao seu conhecimento, o governador Renan Filho admitiu que houve culpados nos supostos desvios de recursos públicos na Secretária de Saúde. E fez questão de defender publicamente a ex-secretária Rozangela Wyszomisska, destacando que “os culpados e inocentes sejam separados nesta investigação”.

Desta forma o governador admitiu culpados nesse desvio de mais de 180 milhões de reais na Secretaria de Saúde em fraudes em licitações, mas sequer fez qualquer alusão a auxiliares seus instalados no segundo escalão da instituição. Mesmo que suspeitos e investigados, os principais  auxiliares da Secretaria de Saúde continuam nos seus cargos.

1 comentário

  • Edson Filho says:

    Admitir que há culpados é desnecessário, todos sabem que há! O mais importante no episódio é reconhecer que é sua responsabilidade, no mínimo, pelas más escolhas! O resto a PF definirá e algumas delações premiadas ajudará bastante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *