Blogs


O crack e o desespero de uma mãe

Esta postagem é de total responsabilidade do blogueiro.

Uma mãe se acorrentou ao filho de 17 anos para evitar que continuasse usando crack, em Itapetininga, no interior de São Paulo.

1499627479235

Ela usou uma corrente de seis metros para atar o filho pela perna e amarrar a outra ponta à sua cintura, até que conseguisse internação para o garoto.

A mulher, de 35 anos, conta que o adolescente corria risco de ser morto, após ser acusado de furto pelos vizinhos.

thumb

Fotos divulgadas em rede social comoveram o dono de uma clínica para dependentes químicos, que ofereceu tratamento gratuito para o rapaz.

Converso quase todos os dias com mães de dependentes químicos e observo o desespero em seus rostos sofridos, a imensa dor e desespero delas..

Contudo, vejo que a maioria dos familiares de dependentes não consegue agir, tomar uma atitude adequada frente à doença do ente querido.

No caso das mães geralmente não conseguem deixar de fazer todas as vontades do filho.

Às vezes me pergunto, será que ela (mãe) teve pais que só fizeram a sua vontade?

Mas me deparo sempre com mais mães e pais que não conseguem educar seus filhos.

Possuem medo de dizer o não, medo de não serem amados.

Medo de perder.

Sendo que é mais fácil perder um filho fazendo todas as suas vontades do que o contrário. Nos seres humanos muitas vezes nos achamos Deus e queremos que todas as nossas necessidades sejam satisfeitas, isso é verdade.

Mas a vida não é assim.

Existem coisas que precisamos nos adaptar e se isto for ensinado desde criança será melhor, será mais saudável.

Vejo muitas famílias reclamar do seu dependente, contudo vejo poucas com coragem de mudar suas atitudes.

Sempre falo para pais e mães de dependentes químicos: se você quer que seu dependente mude, mude primeiro você!

E isso vale também para cônjuges.

Existe um ditado que diz: Se não gosta do que esta colhendo, mude as sementes.

Geralmente quem convive com um dependente químico se torna um co-dependente.

codependente

O que é co-dependente?

Co-dependentes são pessoas afetadas emocionalmente pela convivência com um ou mais dependentes químicos.

É o familiar, o amigo, o colega de trabalho, o chefe, é o vizinho, e todos que procuram remover as conseqüências negativas do abuso de drogas do dependente.

É todo aquele que oferece seus sentimentos e sua vida para “proteger seu dependente”.
O co-dependente tem extrema necessidade de “ajudar” e faz de tudo para facilitar a vida do dependente químico.

Age assim pois imagina que está ajudando, porém agindo desta forma ele esta contribuindo para que o dependente químico continue usando.

Isso não é intencional, na realidade acontece por total desinformação.

Quanto mais se protege e facilita a vida do dependente químico, mais longe ele está de se recuperar.

Os co-dependentes fazem com que os possíveis pedidos de tratamentos e/ou internação do dependente químico sejam adiados.

 Como mudar essa situação?

Procure e peça ajuda, participe de grupos de Amor Exigente,  Alanon e Naranon, Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Pastoral da Sobriedade, etc.

Informe-se sobre dependência química .e ajude a si mesmo.

Fica a dica.

 

 


Veja mais


61a8754dc4e6455f73066c955a68dbed

Corrupção: o Fermento da Violência

A corrupção pariu as quatro bestas do Apocalipse: a fome, a morte, a peste, a guerra. Só um corrupto, obviamente, defende a impunidade, uma justiça que não prende bandido de c...

23435183_1436794373040370_266623239824735966_n

Projeto “Segurança nas Escolas”, do Ministério Público de Alagoas, tem aula inaugural de música para 80 estudantes de escolas públicas

“O meu sonho sempre foi ser musicista, só não tinha tido ainda a chance de aprender a tocar um instrumento. Agora, tudo mudou. Vou usar as minhas tardes, onde não tenho ativid...

CARTAZ DO EVENTO COMPLETO

DEPENDÊNCIAS NÃO QUÍMICAS CONVERSANDO @ GENTE SE ENTENDE

O Conversando @ Gente Se Entende realizara o Evento Dependências Não Químicas Conversando @ Gente Se Entende. O evento tem como um de seus propósitos a realização de atividad...

Bispo Filho

Bispo Filho é Administrador de Empresas e Estudante de Jornalismo.

Outros posts de Bispo Filho

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>