Perigo no ar

Protestos de agentes de saúde, reivindicação e greve de servidores estaduais da educação, da saúde e da polícia civil e a reação natural dos Poderes Executivos Estadual e Municipal transformam Maceió num vasto palco de confronto.
Em alguns momentos, o enfrentamento gerou empurrões, pressão alta, indignação e denúncias. Uma linha muito fina separa as partes de um confronto físico com agressões e vítimas a lamentar.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações