Por um novo CRA-AL

Este ano será significativo e importante para o Administrador, em 17 de outubro os profissionais de Administração poderão decidir se querem continuar sendo tratados como profissionais de segunda categoria sem órgão representativo que os defenda ou se querem ser protagonistas de um novo tempo que virá da Renovação de Valores e Ações.

Há dois anos iniciávamos uma jornada pelo resgate do CRA-AL., alertamos que as posições adotadas pela gestão do Conselho eram perniciosas, apresentamos propostas, indicamos rumos, infelizmente não obtivemos êxito e hoje os Administradores pagam o preço caro da incompetência e do descaso imposto pela gestão que se desviou e esqueceu do objetivo precípuo do Sistema CFA/CRA’s: fiscalizar a profissão em benefício da Sociedade.

Hoje, com o agravamento do quadro de inércia e inépcia do Conselho, mais companheiros juntam-se a nós com o objetivo de fortalecer e valorizar os Administradores. O CRA-AL definha com a péssima gestão que se afasta da missão principal de fiscalizar a profissão. Os números são assustadores: redução de quase 30% nos administradores adimplentes, 3 anos sem fiscal, veículos deteriorando-se; atendimento ineficaz e distante, estrutura física deficiente, tomada de empréstimo para pagamento de despesas; e edição de Resolução Normativa CFA N*512 que abre o registro do Administrador para outras profissões.

Essa situação pode ser mudada, em 17 de outubro teremos o protagonismo em nossas mãos, poderemos alçar novos voos, cumprir a missão sagrada de servir à sociedade na construção e solidificação dos princípios da boa gestão e da Administração com efetividade.

Apresentamos estas propostas no sentido de ampliar as ações do CRA-AL e valorizar os Administradores como profissionais de importância do desenvolvimento econômico e social brasileiro:

1-nteriorização – Reabrir a Delegacia do CRA-AL em Arapiraca para prestar melhores serviços aos profissionais do interior do estado.

2- Redução da anuidade.- O profissional paga uma anuidade elevada sem reciprocidade de serviços. Com a redução da anuidade iremos mostrar que podemos fazer mais ações com menos recursos financeiros.

3- Concurso para fiscal – O CRA-AL está atuando na ilegalidade sem fiscal. Iremos realizar o concurso para fiscal e reestruturar a fiscalização.

4- Atendimento humanizado – O Administrador hoje não tem o atendimento de qualidade e efetividade necessárias aos novos padrões de excelência.

5- Revogação da RN512 – Iremos atuar junto ao CFA no sentido de revogar imediatamente esta Resolução Normativa que abre o registro profissional para outras profissões. Esta medida trouxe a desvalorização da profissão na medida em que consolida a ideia de que todos podem administrar.

Vamos juntos Renovar, participem dos debates, proponham novas ideias, sejam protagonistas de nossa Administração.

Adm. Armando Lôbo.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *