domingo, 20 de abril de 2014
parcialmente nublado24ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias

Educação 10h11, 25 de Abril de 2011

Sinteal: ‘aplicação do piso não pode provocar achatamento’


Cláudia Galvão
Alagoas24horas/Arquivo
Sinteal questiona aplicação do piso nacional de professores
Sinteal questiona aplicação do piso nacional de professores

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal/AL) encarou de maneira reticente o anúncio do governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) de que a partir de abril todos os professores, com 40 horas semanais, passarão a receber o piso nacional da categoria, de R$ 1.187,97.

Segundo a entidade de classe, a “aplicação do piso é bem-vinda, contudo, o piso não pode ser aplicado na base e ignorado nos profissionais no final de carreira”. “A aplicação do piso se dá por força de lei e deveria ter ocorrido em 2009. O que não aceitamos é a aplicação de 25,03% para quem está em começo de carreira e 5,91 – em duas etapas – para quem está em fim de carreira, isso provocaria um achatamento”, explica Maria Consuelo, do Sinteal.

A mestra ainda esclareceu que há 19 pontos de pautas sendo negociados com a Secretaria de Educação e com o Governo do Estado e que a categoria está mobilizada para exigir o cumprimento de todos os pontos.

Na próxima quarta-feira, dia 27, a categoria deve voltar a cruzar os braços, desta vez em defesa da implantação e implementação do Plano Nacional de Educação (PNE). A atividade foi organizada pela Confederação Nacional de Educação, e acontece em todo o país. Na quinta-feira, o Sinteal realiza atividade na cidade de Arapiraca e na sexta realiza panfletagem no Centro de Maceió.

Ainda segundo Maria Consuelo, a categoria deverá voltar a se reunir, em assembleia deliberativa, na próxima segunda-feira, dia 2 de maio, quando definirão os rumos do movimento.

Nesta segunda-feira, dia 25, a presidente do Sinteal, Célia Capistrano, participa de reunião com o prefeito de Maceió, Cícero Almeida, para discutir a pauta de reivindicações dos servidores municipais.

Leia mais

Links Relacionados

  • cirlene mendonça08/05/2012 20h26 comentou:
  • É uma vergonha como esta as escola Estaduais.cade o sindicato parou no tempo pois,ou se esqueceram do pessoal de apoio , cade o pcc que não se falar mais .estamo esperando uma decisão.
  • cicera margarida souza de oliveira16/04/2012 19h41 comentou:
  • já pedi uma vez e peço mais por favor resolvam na see o problema mudança de nível que está parado eu estou com 1 ano e o colega 15 meses, já não estamos aguentando mais isso. peço a vocês do sinteal que pelo amor de deus resolvam.

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior PRF divulga números de acidentes no feriadão
Próxima Concursos: Semana terá inscrições para 7,3 mil vagas
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web