quinta, 27 de novembro de 2014
parcialmente nublado29ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias

Polícia 15h21, 13 de Junho de 2013

Condenado por duplo homicídio, Tiago 'Lampião' é preso em Maceió


Danielle Silva e Priscylla Régia
Priscylla Régia/Alagoas 24 Horas
Thiago da Vera Cruz é acusado de pelo menos três homicídios
Thiago da Vera Cruz é acusado de pelo menos três homicídios

Após anos foragido, Tiago da Vera Cruz, conhecido como Tiago ‘Lampião’, foi preso no final da manhã desta quinta-feira, 13, durante uma ação conjunta entre a inteligência da Polícia Militar, Gecoc (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado) e o Batalhão de Radiopatrulha.

Segundo a assessoria de comunicação do Ministério Público do Estado, Tiago Lampião vinha sendo monitorado desde que chegou de Recife, na madrugada de hoje e foi pego no momento em que se dirigia à casa do pai, o ex-prefeito de Campo Grande, Cyro da Vera Cruz. Desde que fugiu do Estado de Alagoas, Tiago usava documentos falsos, com o nome Thiago Eduardo de Melo Costa.

‘Lampião’ foi condenado em 2010 a 26 anos de prisão, por um duplo homicídio ocorrido em outubro de 2002. As vítimas, Nilton Muniz e Genaldo Ferreira, foram mortas após uma discussão em um bar no Eustáquio Gomes.

Em conversa com a imprensa, Tiago se disse inocente e atribuiu o crime a outras duas pessoas. "Eu já provei minha inocência. Nestes crimes, tiveram dois autores materiais confessos, mas não foram colocados no processo. Por conta das circunstâncias, fui obrigado a utilizar o nome falso", informou o acusado.

Além do duplo homicídio, há informações de que Tiago é acusado de participação em um sequestro seguido de morte, em 2001.

Esta não é a primeira vez que Tiago da Vera Cruz é preso. Em 2006 ele foi encaminhado à Delegacia do 4º Distrito de Polícia e em seguida liberado.

"Ele estava foragido há 6 anos e passou pelos estados de Pernambuco, Maranhão e Bahia. Ele estava sendo investigado há um mês e meio e chegou nesta madrugada a Maceió junto com a esposa grávida. Nesta manhã, a prisão foi efetivada", disse o promotor Alfredo Gaspar de Mendonça.

Ainda segundo o promotor, todos os crimes foram cometidos por motivos fúteis. Além disso, o acusado - que estava morando atualmente em Recife - vinha à capital alagoana frequentemente e contava com o apoio de familiares e integrantes da Polícia Militar.

"Ele vinha a Maceió e contava com o apoio de policiais militares. Eles foram identificados e já estão sendo investigados. Com relação às outras pessoas que ele acusa no crime, Tiago sempre arruma pessoas para responder por ele. Não temos dúvida que ele cometeu o delito e quer imputar a outra pessoa", informou o promotor.

Além das condenações pelo duplo homicídio, Tiago da Vera Cruz deverá responder ainda por falsificação de documentos.

Galeria de Imagens

  • flavio15/06/2013 11h40 comentou:
  • LÓGICO QUE ELE VAI SAIR LOGO, ATÉ PQ ELE NÃO COMETEU NADA DISSO QUE ESTÁ SENDO ACUSADO! OUTRAS DUAS PESSOAS ASSUMIRAM O HOMICÍDIO. ISSO É PQ É DE UMA FAMÍLIA RESPEITADA E ENVOLVIDA NA POLÍTICA, AI JÁ SABE.
  • JUAREZ14/06/2013 10h12 comentou:
  • pronto agora o cara já está preso, será que vai demorar na prisão; claro que não sabe porque, porque ele não tem flagrante à justiça vai logo deixa-lo em liberdade o cara tem grana, não é pé rapado oche tu vai ver se é mentira minha depois comentem como eu tchau...

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior Homem é assassinado enquanto trabalhava em construção
Próxima Itália pega Japão em busca da lua de mel
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web