sabado, 22 de novembro de 2014
parcialmente nublado29ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias

Polícia 15h26, 17 de Março de 2014

PC apresenta detalhes da investigação sobre atentado contra advogado


ASCOM-PC
Sérgio Sfredo - Janadares Sfredo
Sérgio Sfredo - Janadares Sfredo

A Polícia Civil de Alagoas revelou na tarde desta segunda-feira (17) detalhes sobre as investigações da tentativa de assassinato sofrido pelo advogado Marcos André Deus de Félix, 40 anos, ocorrida na sexta-feira (14), no Francês, em Marechal Deodoro.

O delegado-geral Carlos Reis, que coordena as investigações, juntamente com o delegado distrital de Marechal Deodoro, Jobson Cabral, confirmou a prisão do casal Janadares Sfredo e Sérgio Sfredo, suspeitos de serem os autores intelectuais do atentado.

Os dois foram presos na manhã de domingo (16), em cumprimento a mandado de prisão temporária, expedido pelo juiz plantonista Carlos Eduardo Canuto, durante operação que teve a participação de agentes que farão parte da Oplit (Operação Policial Litorânea), da Delegacia Geral e do Núcleo de Inteligência (NI) da Polícia Civil.

A prisão foi solicitada pelos delegados que coordenam as investigações, e teve parecer favorável do promotor Givaldo Lessa, também de plantão.

Outros processos

Janadares é agente penitenciária do Rio Grande do Sul, e proprietária da pousada Ecos do Mar, em Marechal. Segundo a Polícia, ela já responde a outro processo na Justiça gaúcha.

As investigações apontam ainda que, pelo menos, outras quatro pessoas estariam envolvidas no crime.

Uma delas é um homem identificado como “Júnior” que teria dirigido o automóvel Celta, cor prata, que conduziu os pistoleiros até o local do crime.

“Júnior” é namorado de uma jovem de nome Flávia, camareira da pousada pertencente a Janadares, e que se encontra desaparecida.

Desaparecimento de jovem

A mãe da camareira Flávia, a senhora Maria das Dores dos Santos, procurou a Polícia Civil na manhã desta segunda-feira para denunciar o desaparecimento da filha, informando que ela foi levada de sua casa por Janadares Sfredo, por volta das 6 horas da manhã do sábado, e até o momento não foi localizada e nem fez qualquer contato.

Desde as primeiras horas de hoje, os delegados que comandam as investigações ouvem os depoimentos da senhora Maria das Dores e de parentes da vítima, na sede da Delegacia Geral da Polícia Civil, no bairro de Jacarecica.

Motivação

Conforme as investigações, a motivação do crime vem de uma inimizade entre Janadares e o advogado, iniciada desde 2010.

A agente penitenciária foi intermediária, na época, da locação da pousada Lua Cheia ao casal Elton José Bordin e Jocinara Pillon Bordin, que pagou apenas o aluguel apenas dois ou três meses, indo embora de Alagoas e deixando Janadares como administradora.

O italiano tentou por diversas vezes receber o aluguel que lhe era devido, sem êxito.

Como não conseguia uma solução amigável, Pietro contratou os serviços advocatícios de Marcos André para mover uma ação de despejo para reaver o imóvel. A ação de reintegração de posse foi decidida pelo juiz Leo Dennisson Bezerra de Almeida, da Comarca local, que em caráter liminar determinou a desocupação voluntária, num prazo de cinco dias.

O próprio advogado levou a ordem judicial ao conhecimento de Janadares que, na ocasião, teve discussão acalorada com a vítima e permaneceu ocupando o imóvel.

Algum tempo depois, na presença de um oficial de Justiça, do advogado e da força policial a ordem foi cumprida.

Este fato teria aumentado a insatisfação de Janadares que, a partir daí, passou a perseguir o advogado com inúmeras provocações.

A ex-agente e o marido, após deixarem a Lua Cheia, alugaram outra pousada – a Eco do Mar – também no povoado do Francês, em Marechal, permanecendo sempre com as perseguições que culminaram com o atentado no último dia 14.

O delegado-geral informou que a Polícia Civil vem trabalhando no caso desde o momento em que tomou conhecimento do atentado, inclusive durante todo o final de semana, o que resultou na prisão dos suspeitos.

Ele disse ainda que as investigações continuam visando a prisão de todos os envolvidos no crime.

Fonte: PC/AL

Links Relacionados

  • luiz17/03/2014 23h02 comentou:
  • os acusados também são advogados, têm inscrição ativa na oab.
  • http://twitter.com/RaudrinMovimento Caras Pintadas17/03/2014 16h12 comentou:
  • Esperamos que o Delegado Jobson Cabral faça justiça,pois Marcos André tem história, foi um lutador pela redemocratização do Brasil em sua adolescência, foi Diretor da UESA na década de 80 responsável por várias conquistas dos Estudantes Alagoanos e foi Garoto Propagando da Campanha pelo Voto aos 16.

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior SDS discute segurança nos bancos com sindicato
Próxima Nota
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web