quarta, 26 de novembro de 2014
parcialmente nublado24ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias

Maceió 19h07, 29 de Outubro de 2009

PEC 300: Alagoas é escolhido para iniciar campanha nacional


Danielle Silva
Danielle Silva/Alagoas24Horas
PEC 300
PEC 300

Deputados federais de diversos estados se uniram nesta quinta-feira, 29, aos militares alagoanos para iniciar a campanha nacional para aprovação da PEC 300, que cria um piso salarial nacional para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, ativos e inativos. Mais de 500 policiais compareceram à sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Militares de Alagoas (ASSMAL), no bairro do Trapiche, de onde partiu uma caminhada até o Quartel Geral da PM.

Antes da caminhada, os representantes das associações de militares de Alagoas fizeram esplanações sobre a necessidade da aprovação da PEC e foram apoiados pelos deputados federais. O relator da PEC, deputado federal major Fábio, explicou o processo de tramitação e conclamou os deputados estaduais a apoiarem o projeto.

“A PEC está na Comissão Especial da Câmara dos Deputados à espera da aprovação. Conseguimos aprovar a realização de audiências públicas em todo o Brasil para discutir o assunto”, informou.

“Nós queremos um Brasil que tenha a segurança do tamanho do seu território, mas como é que o policial vai dar segurança, se ele não possui segurança”, questionou o autor da PEC. Para ele os deputados estaduais de Alagoas precisam apoioar o projeto para que ganhe a força necessária para sua aprovação.

O cabo Patrício, presidente da Associação Nacional dos Praças, lembrou que os militares são a base da segurança pública no país, por isso merecem mais atenção. “Estamos valorizando os recursos humanos da Segurança Pública que são os profissionais. Por isso devemos mobilizar o Brasil inteiro pela aprovação da PEC”, ressaltou.

Alagoas foi escolhido para iniciar as manifestações em favor da PEC no Brasil. Os atos serão realizados no Nordeste e por último no Rio de Janeiro. A comissão anunciou que estão preparando uma marcha nacional em Brasília, em abril de 2010, com representantes de todos os Estados. Os manifestantes anunciaram também que poderão iniciar uma paralisação nacional caso a PEC não seja aprovada.

A manifestação foi acompanhada pela bancada federal de Alagoas. Os deputados Francisco Tenório, Antônio Carlos Chamariz, e Carlos Alberto Canuto, além de Renan Calheiros, que também apresentou a PEC de sua autoria que tem o mesmo objetivo: PEC 41.

Fonte: Com assessoria

Leia mais

  • ricardo18/11/2009 21h59 comentou:
  • primeiro que tudo vamos pedir a deus que nos ajude.
    eu tenho fé no semhor é até questao de igualdade, nao somos diferente da policia do d.f. mais fico comtente pela conquista dos companheiro do d. f. espero que eles tejam torcendo por nois tanbem. vai dar certo.
  • Celso Jose de Mello02/11/2009 21h57 comentou:
  • Caros colegas os caras estão pensando nisso pra 2010, precisamos de resolver isso é logo.........

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior INSS realiza perícia médica neste sábado
Próxima Concursos: Semana terá inscrições para 7,3 mil vagas
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web