sexta, 28 de novembro de 2014
muito nublado28ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias / Educação

Educação 07h55, 19 de Dezembro de 2009

Mais de 300 escolas receberão livros didáticos


O processo de entrega dos livros didáticos começou a ser realizado na segunda quinzena do mês de novembro e se estenderá até a primeira quinzena de fevereiro do próximo ano. Serão beneficiadas 334 escolas da rede estadual e aproximadamente 2.500 dos municípios.

Elas receberão livros para os alunos que cursam o Ensino Fundamental e Médio através do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). A distribuição dessas obras para todo o país está sendo feita pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Segundo a gerente do Livro e Texto Didático da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, Nalí Cristina, os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental receberão livros novos que foram escolhidos pelos professores no último mês de junho. “Eles serão agraciados livros de alfabetização, linguística, ciências, história, geografia geral, matemática, língua portuguesa e geografia regional”, informa.

A gerente acrescenta que as demais séries (anos) receberão apenas uma complementação automática de livros para suprir faltas com o aumento de demanda e reposição dos livros didáticos danificados. “A nossa pretensão é que no início do ano letivo de 2010 todas as escolas já estejam com os livros novos”, complementa.

Investimentos — Este ano, o governo federal investiu R$ 577,6 milhões na compra de livros didáticos para atender a educação básica e R$ 112,8 milhões na distribuição dessas obras para todo o país, por meio de pagamento à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

Só para os livros a serem usados por alunos do 1º ao 5º ano em 2010 serão R$ 427,6 milhões de investimento em aquisição e R$ 85,8 milhões em distribuição. Além disso, livros de reposição vão ser comprados e distribuídos para estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental (R$ 80 milhões) e das três séries do ensino médio (R$ 97 milhões).

Nalí Cristina é categórica ao afirmar que todas as escolas já foram avisadas por meio de correspondências e, também, através de reuniões sobre a entrega dos livros. Ela garante que é imprescindível que as escolas sempre tenham algum profissional orientado para fazer o recebimento dos livros.

“Os correios entregam os livros em dias úteis e no horário comercial. Neste período natalino e de começo de ano é vital que as escolas sempre tenham alguém para receber estas obras que beneficiarão nossos educandos”, frisa a gerente.

Números — Chegarão 2 milhões 392 mil e 600 livros para o Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. Para o Ensino Médio chegarão 248 mil e 57 exemplares. Além disso, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) receberá uma reserva técnica de 103 mil livros para suprir eventuais carências. Destes, 83 mil são para o Ensino Fundamental e 20 mil para o Ensino Médio.

Fonte: Assessoria

Leia mais

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior Pós em Petróleo, Gás e Biocombustíveis
Próxima Juiz: resultado de prova prática em janeiro
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web