sexta, 19 de dezembro de 2014
parcialmente nublado24ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias / Maceió

Maceió 17h42, 05 de Setembro de 2013

Parceria com call center gerará 3 mil empregos em Maceió


Ascom Semtabes

Uma dos maiores grupos empresariais de contact center e informática do mundo está chegando em Maceió e vai gerar 3 mil empregos no município. Trata-se do grupo Almaviva que, através da empresa Almaviva do Brasil, deverá investir na implantação de um call-center no município. A instalação em Maceió foi confirmada pelo vice-presidente da AlmaViva do Brasil, Giulio Salomone, à coluna Mercado Aberto, da jornalista Maria Cristina Frias, publicada na edição de quarta-feira (4) pelo jornal Folha de S. Paulo.

Os contatos iniciais para a instalação da Almaviva do Brasil em Maceió foram feitos pela secretária municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária, Solange Jurema, no mês de maio. Ela, inclusive, intermediou reuniões entre os representantes da AlmaViva do Brasil com o governo do Estado, que cedeu o terreno para a instalação da empresa, na parte alta da cidade. O projeto da multinacional para Maceió consiste na implantação de um estabelecimento para atendimento de clientes de terceiros, via tele atendimento e atividades afins.

De início, a empresa deve gerar 3 mil empregos em Maceió. O processo de seleção dos trabalhadores deve passar pela Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), através do Sistema Nacional de Emprego (Sine) da Prefeitura de Maceió, onde os candidatos deverão fazer o cadastro para concorrer às vagas. Os nomes dos trabalhadores interessados serão encaminhados ao setor de Recursos Humanos da Almaviva do Brasil, que fará a seleção.

“A região do Nordeste tem se desenvolvido bastante. Alagoas teve um notável crescimento econômico nos últimos anos e optamos por Maceió pela sua localização estratégica”, afirmou Carlo Ruggeri, diretor-geral de staff da Almaviva do Brasil, em reuniões com a secretária Solange Jurema.

A secretária destaca a importância da instalação da empresa em Maceió, em especial para a geração de emprego e renda no município. “Tanto o prefeito Rui Palmeira quanto o governador Teotônio Vilela têm todo o interesse na instalação da empresa em Maceió”, garante Solange Jurema.

Call Center em Maceió

Segundo Giulio Salomone, além de Maceió, a Almaviva também vai se instalar em Terezina (PI). No total, o aporte para a instalação nos dois municípios, que deverá ser concluído em 18 meses, deve ficar entre R$ 70 milhões e R$ 100 milhões. Ele também informa que a inauguração desses call-centers deve acontecer no início de 2014, o que deve consolidar o crescimento da empresa no país. “Continuamos otimistas com o país”, afirma o vice-presidente da AlmaViva do Brasil, segundo a coluna.

O grupo já investiu mais de R$ 120 milhões no Brasil. A companhia conta com call-centers em São Paulo (SP), Aracaju (SE), Juiz de Fora (MG) e Belo Horizonte (MG), que empregam, no total, 18 mil funcionários. Até o final deste ano, de acordo com Salomone, a Almaviva do Brasil deve contar com 20 mil colaboradores. Para este ano, a previsão de receita bruta da empresa no país, segundo a coluna Mercado Aberto da Folha de S. Paulo, é de R$ 450 milhões.

Fonte: Ascom Semtabes

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior Governo anuncia Alagoas como zona livre de aftosa
Próxima Novos membros tomam posse no Conselho Gestor do Fundo de Habitação
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web