sexta, 21 de novembro de 2014
parcialmente nublado30ºCMaceio
 
Mala direta, Assine!

Cadastre-se e receba nossa mala-direta com os destaques do dia. Muito mais comodidade para voce!

Curta a nossa Fanpage Siga-nos no Twitter Assine o FEED
00:00:00

Notícias / Maceió

Maceió 17h00, 25 de Janeiro de 2010

Minha Casa, Minha Vida


Secom/Maceió
Lançamento do programa será no dia 2 de fevereiro
Lançamento do programa será no dia 2 de fevereiro

A Prefeitura de Maceió e a Caixa Econômica Federal fecharam uma parceria que vai garantir a construção de mais um conjunto habitacional na capital. Dessa vez, os beneficiados serão os servidores efetivos do município, que poderão financiar os imóveis do Conjunto Celi Loureiro, na Cachoeira do Meirim.

O lançamento oficial do projeto será no dia 2 de fevereiro, às 10h, no próprio local onde o conjunto habitacional será construído. Serão erguidas 295 casas a serem financiadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

A Prefeitura entrou no projeto doando o terreno para construção do conjunto habitacional, além de garantir obras de infraestrutura, como a pavimentação do local.

Já a Caixa entra com as linhas de financiamento para os servidores do município. O superintendente da Caixa Econômica em Alagoas, Gilberto Occhi, disse que os imóveis não devem ultrapassar o valor de R$ 40 mil. “Quem ganha até R$ 1.355,00 tem até o valor de R$ 17 mil aprovado para financiamento”, adianta.

O prefeito Cícero Almeida disse que o projeto é uma das melhores oportunidades para os servidores do município trocarem o aluguel pela casa própria. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Prefeitura de Maceió (Sindspref), Sidney Lopes, adianta que outro projeto similar vem sendo negociado para os funcionários da Guarda Municipal.

Fonte: Secom/Maceió

Leia mais

  • cris25/01/2010 20h50 comentou:
  • seria bom se a prefeitura se posicionase em relação a escrição feita no ano passado para quem ganha ate 2 salarios
  • catarine25/01/2010 20h29 comentou:
  • Gostaria de saber se todos os servidores poderão se inscrever ou se serão somente aqueles que pagaram 50 reais no sindicato que vão concorrer as casas, pois, cobraram 50 reais para os servidores se inscreverem no ano passado!
    Acho que a caixa deveria escolher os servidores de acordo com cada caso, e não o sindicato para não haver beneficiamento aos apadrinhados! E deveria ser de graça a inscrição e o sindicato não deveria cobrar não!

Compartilhe

mais opções
Publicidade
Anterior Bloco do prazer: folia e prevenção no carnaval
Próxima Idoso vítima de bala perdida morre no HGE
 
© 2005 - 2014, Alagoas 24 Horas | Anuncie
Redação: Avenida Álvaro Calheiros, 342, SL 13 – Blue Shopping – Mangabeiras
contato@alagoas24horas.com.br
Fone/Fax: (82) 3325-2088
id5 soluções web