Corpos levam 24 horas para serem recolhidos por falta de combustível em rabecão do IML

Uma ossada humana encontrado na manhã da quarta-feira (15) em Jequiá da Praia continua no mesmo local 24 horas depois de ser localizada.  Sem combustível, o rabecão de IML deixou de recolher outros dois corpos: o de uma professora identificada com Jaciara, vítima de acidente de trânsito na cidade de Atalaia. Jaciara morreu na madrugada de ontem e até o momento não foi recolhida; e o corpo é de um homem sem identificação, morto a pedradas e encontrado na manhã desta quinta-feira (16), no Conjunto Eustáquio Gomes.

Procurada pelo Alagoas24horas a assessoria do órgão nos enviou a seguinte nota de esclarecimento:

A Perícia Oficial do Estado de Alagoas informa que a falta de combustível aconteceu devido à mudança realizada pelo Governo do Estado na forma de abastecimento na frota de veículos de todos os órgãos públicos. Eles cancelaram o sistema CTF (Abastecimento Inteligente) e passaram a utilizar um cartão. No entanto, a Agência de Modernização da Gestão de Processos (Amgesp) só avisou aos órgãos esta semana, após a realização da mudança, o que prejudicou o fornecimento de combustível para a frota de veículos do Estado, inclusive do IML, visto que para realizar a abastecimento dos carros eram necessários o cadastramento de todos os motorista e a utilização de um cartão magnético fornecido pela própria Amgesp.

Diante dos problemas apresentando no dia de ontem, o Perito-Geral da Perícia Oficial do Estado de Alagoas Manoel Melo, determinou ao chefe do setor de transportes, urgência na resolução desta questão, tendo o mesmo permanecido todo o dia de ontem na sede da Amgesp realizando os procedimentos necessários para a liberação de cotas de combustível para as viaturas do IML, fato conseguido no final da tarde.

Mesmo diante das dificuldades com o abastecimento, as equipes do IML da Capital realizaram o recolhimento de 02 corpos em Maceió, 01 em União dos Palmares, e 02 em Rio Largo. Restando recolher apenas 01 corpo em Jequiá da Praia encontrado na tarde de ontem, 01 corpo no município de Atalaia encontrado nas primeiras horas dessa madrugada (00h10), e 01 corpo no bairro Cidade Universitária na Capital encontrado por volta das 05 horas da manhã de hoje.

Por fim, informamos que o fornecimento de combustível foi normalizado, e as equipes dos rabecões do IML já foram para os supracitados locais realizar o recolhimento desses corpos.

Mais corpos
Deram entrada no Instituto Médico Legal de Maceió, no intervalo das últimas 24 horas, os corpos de Benjamin Salustiano Lopes, um idoso de 76 anos, que morreu engasgado com um pedaço de pão. O idoso chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas morreu em decorrência do engasgo. Em Viçosa, João Fontes de Lima foi morto a tiros e teve o corpo encaminhado para o IML de Maceió; Também foi morto a tiros  Rafael Francisco da Silva Souza, assassinado em Piabas, no bairro do Jacintinho. O crime de Rafael foi relatado ainda ontem pelo Alagaos24horas; Também foi morto um homem sem identificação, assassinado a tiros no bairro do Mutange e, ainda ontem, um homem identificado como Sidney Araújo de Assunção e conhecido pelo apelido de ‘Mata Mãe’ foi morto a tiros no conjunto Lourenço de Albuquerque, na cidade de Rio Largo.

Alagoas Noticias/CortesiaConhecido como 'Mata Mãe', jovem foi morto a tiros em São Lourenço de Albuquerque, na cidade de Rio Largo

Conhecido como ‘Mata Mãe’, jovem foi morto a tiros em São Lourenço de Albuquerque, na cidade de Rio Largo

Outros casos
Também morreram Edson Lourenço dos Santos, vítima de envenenamento. Edson chegou a ser socorrido com vida para o HGE, mas faleceu na unidade de saúde; e Celso de Lima Moura, de 27 anos. O jovem teria cometido suicídio em Porto de Pedras e atirado contra a própria cabeça.

Matéria atualizada às 9h06, do dia 17 de março de 2017.

Veja Mais

Deixe um comentário