Operações: presos alagoanos envolvidos em assaltos à banco na Paraíba e no Pará

Os presos fazem parte do mesmo bando desarticulado em Operação do MPE-AL e PC em Arapiraca

Déborah Moraes / Alagoas24HorasOs detalhes das Prisões foram relatadas na tarde desta segunda-feira, 12, em entrevista Coletiva à Imprensa

Os detalhes das Prisões foram relatadas na tarde desta segunda-feira, 12, em entrevista Coletiva à Imprensa

O alagoano, identificado como Felipe de Oliveira Araújo, preso na última sexta-feira (9), na Paraíba, suspeito de integrar um grupo que cometia assaltos a agências bancárias no Sertão Nordestino faz parte do mesmo bando desarticulado no início da última semana em Operação conduzida pelo Ministério Público de Alagoas (MPE-AL) e Polícia Civil (PC), em Arapiraca. A informação foi confirmada na tarde de hoje (12), em entrevista coletiva realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AL).

Relembre:

Alagoano é preso na Paraíba acusado de roubo a banco

Dois suspeitos de assalto a bancos morrem em confronto com a polícia no Agreste

Valtênea Araújo / Alagoas24HorasDelegado Vinícius Ferrari, da Serb detalha a relação das operações

Delegado Vinícius Ferrari, da Serb detalha a relação das operações

Na ocasião, o delegado Vinícius Ferrari, da Seção de roubo a banco (Serb), da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic),  informou que por causa da Operação ‘Inoculação’, que resultou na prisão de três suspeitos e duas mortes por auto de resistência, na última terça-feira (6), outras duas ações policiais foram conduzidas nos estados da Pará e Paraíba, resultando em duas mortes e na prisão de outros 18 suspeitos e de participarem de assaltos a agências bancárias. Sete deles são alagoanos. As ações aconteceram nas últimas quinta e sexta-feiras (8 e 9 de junho).

Ainda de acordo com o delegado, as mesmas fontes que informaram a respeito da possibilidade de novos assaltos na região do Baixo São Francisco, em Alagoas, falaram da ida de parte do bando para os dois estados, também com o propósito de executar ações criminosas. Lá, em contato com as forças policiais locais, as operações foram deflagradas.

No Pará foram presos 11 suspeitos, dois deles alagoanos, um de Maceió e o outro de Arapiraca, que não tiveram as identidades confirmadas. Ainda durante a operação, três suspeitos foram mortos em confronto com a polícia, um deles alagoano, de Arapiraca, identificado como José Carlos Saraiva dos Santos, de 32 anos.

Na Paraíba foram sete prisões, sendo quatro delas de alagoanos, todos de Delmiro Gouveia. Além de Felipe de Oliveira, três irmãos dele, que não tiveram as identidades confirmadas, encontram-se no sistema prisional da Paraíba, aguardando transferência para Alagoas.

O secretário de Segurança Pública, Cel. Lima Júnior, disse que a Operação ainda não chegou ao fim e que novas prisões podem ser feitas a qualquer momento. Ele ressaltou ainda que faz parte do planejamento da Secretaria retomar ações integradas entres as polícias de todo o Nordeste, para que o combate a bandos como este, que agem em todo o território nacional, se tornem mais fáceis e eficientes.

Material apreendido

Na entrevista coletiva foi apresentado ainda o material apreendido na última semana em Arapiraca, que engloba, explosivos, um silenciador, uma quantidade não especificada de dinheiro em cédulas, quatro espingardas, quatro revólveres calibre 38, uma pistola 9mm, uma garrucha, munição em caixa de diversos calibres, como 12, 40 e 45; 20 para espingardas; 22 para rifles e equipamento de mira a laser, além de um carro Fiat Uno de cor vermelha.

Prisões

Os três suspeitos presos em Arapiraca na última terça-feira (6) conseguiram, por meio de medida judicial, o direito de responder ao crime em liberdade. O 2° sargento da reserva da Polícia Militar, Taciano Batista dos Santos, de 49 anos, além de responder criminalmente pelo seu envolvimento com o bando, deverá ser submetido a um processo administrativo que irá decidir se ele será expulso ou não da corporação.

Leia Também: MP confirma participação de militar da reserva em quadrilha de roubo a banco

Veja Mais

Deixe um comentário

Vídeos