Ex-funcionários da Usina Laginha protestam em pedido de pagamento de salários atrasados

Cortesia

Ex-funcionários da Usina Laginha, pertencente ao Grupo João Lyra, protestaram em frente ao escritório da empresa na manhã desta quinta-feira (26), no bairro de Jacarecica, na parte baixa de Maceió.

O motivo da manifestação dos ex-funcionários é o não recebimento do dinheiro oriundo de ações trabalhistas após a falência da Usina Laginha.

No dia 27 de abril de 2018 a 1ª Vara de Coruripe expediu um alvará para a liberação do montante de mais R$18 milhões para o pagamento de até cinco salários mínimos aos credores trabalhistas da massa falida da empresa.

Leia também: Justiça libera R$ 18 milhões para pagamento de credores trabalhistas da Laginha

Os manifestantes são ex-funcionários da usina nos municípios de União dos Palmares, Atalaia, Teotônio Vilela, São Miguel dos Campos e Maceió. O grupo ameaça bloquear os dois sentidos da rodovia AL-101 Norte.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *