PC deve investigar se servidora de fórum alertou suspeitos sobre operação policial

Material apreendido com os suspeitos

A Polícia Civil de Alagoas deve investigar a autenticidade de um áudio que circula nas redes sociais desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (26), atribuído a uma funcionária do Fórum de Arapiraca, que alerta suspeitos de crimes sobre uma operação policial deflagrada na cidade de Arapiraca, a 120 quilômetros da capital.

A operação, que envolveu cerca de 100 agentes das forças de segurança, foi coordenada pelo delegado Igor Diego e resultou na prisão de suspeitos em vários crimes, além da apreensão de drogas, armas, dinheiro e remédios. O número oficial de presos e suas identidades não foram divulgados pela autoridade policial.

“Vai ter uma operação e tem muitos envolvidos ali da Rua Boa Vista, entendeu? Eu ouvi o nome Rafael, mas não sei qual é a rua”, diz alguns trechos do áudio, que está ‘picotado’. Rafael seria um dos ‘alvos’ da operação. A polícia não informou se ele foi preso.

A reportagem do Alagoas 24 horas pediu um posicionamento oficial da Polícia Civil sobre o episódio. O delegado informou, por meio da assessoria, que irá pedir provas técnicos do áudio para atestar sua autenticidade e tentar identificar a autora.

Nota do Tribunal de Justiça

“A Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Alagoas, enquanto órgão orientador e fiscalizador das atividades jurisdicionais e auxiliares da Justiça, torna público e esclarece que não recebeu denúncia formal de qualquer natureza, sobre possível envolvimento de servidora do Tribunal de Justiça de Alagoas no vazamento de informações relacionadas à operação da Polícia Civil realizada em Arapiraca, nesta quinta-feira (26), conforme foi veiculado pela imprensa. Não obstante, este órgão censor enfatiza que adotará as providências cabíveis no sentido da plena e cabal apuração dos mencionados fatos.”

Atualizada às 17h57.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *