Funcionário público de Craíbas é preso suspeito de desviar R$ 250 mil

Alex Carlos Valentino de Melo, de 36 anos, está sendo acusado de crimes contra a administração pública e responderá por peculato

PC-AL

Delegado Igor Diego, da cidade de Atalaia

Uma operação da Polícia Civil de Alagoas, coordenada pelo delegado regional de Arapiraca, Igor Diego Vilela Costa, com apoio do Núcleo de Inteligência e das equipes da Delegacia Regional de Arapiraca/AL (4ª DRP) e 62º Distrito Policial de Craíbas, cumpriu nesta quarta-feira, 08, um mandado de prisão preventiva contra o funcionário público Alex Carlos Valentino de Melo, de 36 anos.

Alex Valentino é servidor efetivo da Prefeitura de Craíbas há 17 anos, nomeado em 2002, fez concurso para o cargo de “office boy”, mas trabalhava no setor de tributos.

Na manhã de hoje, Alex foi localizado e preso na casa de sua sogra, no bairro Alto do Cruzeiro, em Arapiraca. Ele está sendo acusado de crimes contra a administração pública e responderá pelo crime de peculato, que é  apropriação, por parte de um funcionário público, de um bem a que ele tenha acesso por causa do cargo que ocupa.

O funcionário se apropriava indevidamente do dinheiro relativo ao imposto recolhido pela agência do Bradesco no período compreendido entre janeiro de 2012 a janeiro de 2019. O valor desviado foi calculado em mais de 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), conforme extratos bancários apresentados pelo Bradesco que pagava o imposto em dia.

O acusado arrecadava o imposto na própria agência e pegava em mãos o dinheiro referente ao tributo, fornecendo em contrapartida, recibos assinados por ele da quantia arrecadada mensalmente, porém, esse dinheiro nunca entrou nos cofres da prefeitura.

O inquérito foi instaurado pela Delegacia de Craíbas e no decorrer das investigações o delegado representou pela prisão preventiva de Alex Valentino, tendo em vista o vasto conjunto probatório em desfavor do mesmo, bem como a fim de evitar mais prejuízos para os cofres públicos.

A prisão foi decretada de imediato pelo Juiz de Direito, Dr. Alfredo dos Santos Mesquita, da 5ª Vara Criminal da Comarca de Arapiraca.

A partir do depoimento de Alex, a investigação continua para apurar a suposta participação de outros servidores públicos no esquema de desvio do imposto sobre serviços na Prefeitura de Craíbas e a responsabilidade dos gestores da Secretaria de Finanças.

Portanto, outras pessoas poderão ser ouvidas nos próximos dias para fortalecer ainda mais as provas dos autos do inquérito policial em andamento.

O delegado Igor Diego agradeceu ao apoio e empenho dos membros do Poder Judiciário, Ministério Público e da Polícia Civil de Alagoas para que essa operação fosse realizada com sucesso.

 

Fonte: PC/AL

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *