Após impasses, Seris confirma transferência de presos para presídio do Agreste

A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) confirmou a transferência de 39 presos para o Presídio do Agreste, no município de Girau do Ponciano, após os impasses entre o setor penitenciário e a Polícia. Em nota, a secretaria diz que o processo aconteceu sem intercorrências e cumpriu determinação da 16ª Vara Criminal da Capital (Execuções Penais).

Na manhã de hoje um agente penitenciário, que não quis se identificar, relatou ao Alagoas24Horas que pelo menos 12 presos permaneceram por tempo indeterminado no pátio da unidade prisional esperando a ordem judicial para a conclusão da transferência. Ainda segundo ele, há superlotação, com quase 200 presos a mais no local.

Na madrugada de domingo (29), a Polícia Militar chegou a dar voz de prisão para agentes penitenciários que estavam barrando a entrada dos detentos. Entretanto, após negociações, a Seris determinou que os comboios com os presos fossem transferidos. A postura dos agentes estava impactando o fluxo de flagrantes nas centrais policiais.

Leia também: Agentes penitenciários barram entrada de presos por causa de superlotação

Confira nota na íntegra: 

A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa que a transferência de 39 presos – que se encontravam em unidades da Polícia Civil da capital – para o Presídio do Agreste, no município de Girau do Ponciano, transcorreu sem nenhuma intercorrência. A operação foi desencadeada nesta segunda-feira (1º), em cumprimento à determinação da 16ª Vara Criminal da Capital (Execuções Penais). Outrossim, a Seris reforça seu compromisso com o efetivo controle do sistema prisional alagoano.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *