Transportadores escolares fecham CEPA em protesto contra atraso de pagamentos

Jorge Farias / Alagoas 24 Horas

Motoristas de transportes escolares fecharam o Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (CEPA), na avenida Fernandes Lima, principal corredor viário de Maceió. Ao todo, 14 ônibus foram utilizados no protesto. O trânsito na região ficou congestionado

Em entrevista ao Alagoas 24 Horas, o transportador Israel do Nascimento, informou que os pagamentos estão atrasados há cinco meses e por isso os motoristas resolveram realizar o protesto para cobrar a Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“Nós só sairemos daqui após o dinheiro estar nas nossas contas ou em nossas mãos. Não iremos sair daqui somente com promessas”, disse um dos motoristas em entrevista à Rádio Pajuçara.

Leia também: PF deflagra operação para combater desvios de cerca de R$ 21 milhões na educação

Transportadores escolares protestam em frente ao CEPA por atraso em pagamentos

A Seduc determinou a suspensão dos transportes escolares terceirizados e, segundo Israel, o valor acumulado em média por cada transportador chega aos R$25 mil.

“Em todo o Estado são mais de 800 transportadores. Em Maceió nós temos mais ou menos 200. Com esse valor de 25 mil por cada transportador, o Governo está nos devendo algo em torno de 10 milhões”, explicou.

No último dia 10 de setembro, a Polícia Federal deflagrou a Operação Casmurros, que investiga desvios de recursos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais (Fundeb).

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *